logomarca
Cuiabá, 19 de Julho de 2024.

Variedade Domingo, 07 de Abril de 2024, 13:23 - A | A

Domingo, 07 de Abril de 2024, 13h:23 - A | A

IR 2024

Imposto de Rende 2024: procura por contador cresce 46%, revela levantamento do GetNinjas

Especialista cadastrada na plataforma de serviços explica mudanças para este ano e dá dicas para descomplicar a declaração do IR

Divulgação

IMG_0175.jpeg

 

 

Com a proximidade da temporada de declaração do Imposto de Renda 2024, o brasileiro recorre mais ao especialista para tirar dúvidas e facilitar o processo de prestação de contas com o Leão. Segundo um levantamento realizado pelo GetNinjas, maior aplicativo para contratação de serviços do Brasil, as demandas por serviços de Contador aumentaram cerca de 46% só em fevereiro deste ano, quando comparado com o mesmo período de 2023.  

 

O período para a entrega da declaração do Imposto de Renda será de 15 de março a 31 de maio. É importante lembrar que, para efetuar a declaração do IR 2024, o contribuinte deve fornecer os dados referentes a 2023.

 

Nádia Nunes Coitinho, contadora cadastrada no GetNinjas, esclarece sobre as atualizações mais recentes e sugere as melhores práticas para simplificar o procedimento de declaração do IR.

 

Nos anos anteriores, o teto para a isenção da alíquota era de R$ 1.903. Com a atualização, essa faixa aumentou para R$ 2.112. Além disso, com essa alteração de 2024, a Receita Federal anunciou um novo desconto simplificado mensal de R$ 528 na fonte para operacionalizar a nova faixa de isenção — que passa a ser de R$ 2.640 — o valor é equivalente ao dobro do salário mínimo de 2023, de R$ 1.320. Isso significa que brasileiros que receberam esse valor também estão isentos de pagar o imposto referente a 2023.

 

Sobre as mudanças anunciadas pelo governo federal no início do ano, Nádia esclarece que elas visam corrigir o limite de isenção com base no novo salário mínimo de 2024. No entanto, essas alterações só afetarão a declaração de 2025, não a deste ano.

 

"A Medida Provisória (MP) 1.206/2024 anunciada no início do ano pelo Governo Federal é uma correção de isenção com base no novo salário mínimo de 2024, que aumenta o teto para R$ 2.824 e torna os contribuintes isentos. Essa nova política do IR 2024 se aplica à renda deste exercício fiscal em andamento, ou seja, as alterações anunciadas pelo governo federal em 2024 só serão aplicadas na declaração de 2025”, explica Nádia.




Comente esta notícia