logomarca
Cuiabá, 14 de Julho de 2024.

A | A

preconceito

Corretora de Imóveis sofre preconceito e perde venda de R$800 mil por ser Madrinha de Bateria

Reprodução/Instagram @carmenreis6

handler (13).jpg

 

Carmen Reis, Madrinha de Bateria da Acadêmicos do Tatuapé, compartilhou nas suas redes sociais uma situação de preconceito no seu trabalho. Carmen revelou ter perdido uma venda de R$800 mil reais devido ao preconceito de um cliente, que descobriu sua participação como Madrinha de Bateria do Carnaval.
 ‎   ‌
"Quando ele descobriu que eu desfilava no Carnaval, o cliente mudou completamente seu comportamento e se recusou a fechar o negócio, mesmo estando satisfeito com o imóvel", relatou Carmen. "É triste perceber como ainda existe estigmatização e preconceito, especialmente vindo de outras mulheres."

Carmen Reis disse que enfrenta diariamente situações de preconceito no seu trabalho como corretora de imóveis devido à sua participação no Carnaval. "Muitas vezes sou subestimada e não levada a sério apenas por conta da minha atuação no Carnaval. Isso é extremamente injusto para minha carreira. Uma coisa não tem nada a ver com a outra."
 ‎   ‌
Em um desabafo pelo Instagram, Carmen contou sobre a situação e disse que recebeu apoio dos seguidores. “O que me tranquiliza é que ainda existem pessoas que valorizam o ser humano pelo o que ele é”, diz. Apesar das críticas, Carmen diz que não pretende deixar de desfilar no Carnaval. “Se eu abandonar o Carnaval, posso dar mais razão para quem me ataca. Vou continuar desfilando, porque eu amo e é o meu entretenimento, me faz me sentir bem”.
 ‎   ‌
Link do reels aqui.




Comente esta notícia