logomarca
Cuiabá, 14 de Julho de 2024.

Variedade Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 10:29 - A | A

Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 10h:29 - A | A

Greve

Professores da UFMT declaram greve por tempo indeterminado

A decisão segue uma onda nacional de paralisações que inclui servidores técnicos e funcionários de institutos federais em todo o Brasil.

Divulgação

IMG_1518.jpeg

 


Professores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) iniciaram uma greve por tempo indeterminado nesta sexta-feira (17), afetando todos os campi do estado. A decisão segue uma onda nacional de paralisações que inclui servidores técnicos e funcionários de institutos federais em todo o Brasil.

 

A decisão pela greve foi tomada após uma assembleia onde 216 professores votaram a favor da paralisação, contra 90 votos contrários e 3 abstenções. Este movimento coloca os docentes da UFMT em linha com os servidores de ao menos 30 institutos federais, que já se encontram em greve há um mês.

IMG_1517.jpeg

 

Os procedimentos formais para a efetivação da greve já estão em andamento, com a comunicação oficial sendo enviada à reitoria da universidade dentro do prazo legal de 72 horas úteis. Enquanto isso, os professores e demais membros da assembleia continuam a delinear os detalhes da paralisação. Espera-se que até o fim da tarde mais informações sejam divulgadas sobre os próximos passos e as demandas específicas do movimento grevista.

A greve na UFMT destaca a crescente pressão enfrentada pelas instituições federais em todo o país, onde demandas por melhores condições de trabalho, financiamento adequado e outras questões laborais estão cada vez mais em foco.

 

Fonte: Folha do estado

 



Comente esta notícia