logomarca
Cuiabá, 21 de Junho de 2024.

Variedade Sexta-feira, 29 de Dezembro de 2023, 15:55 - A | A

Sexta-feira, 29 de Dezembro de 2023, 15h:55 - A | A

Além da estética

Missólogo explica a importância do papel social e cultural das misses  

Evandro Hazzy reforça a importância da quebra de estereótipos das participantes de concurso de beleza

Divulgação

CD1533EE-9381-47EF-8131-C6111402608A.jpeg

 


Em uma era em que a beleza não se contenta com padrões predefinidos, ser uma representante de beleza é uma jornada complexa e multifacetada. O papel das misses mergulha nas camadas culturais e sociais que agora definem essa missão além das passarelas.

Segundo Evandro, missólogo renomado, ser representante de beleza transcende as fronteiras da estética convencional: “É um compromisso com a cultura, a representatividade e, acima de tudo, dar voz a outras mulheres, ampliando horizontes." 

A beleza com propósito surge como tema central nessa evolução, e Hazzy ressalta: "A definição de beleza está em constante debate. Precisamos discutir extensivamente, pois a beleza se manifesta de diversas formas, indo além do aspecto físico." 

Ser uma representante de beleza hoje é um conjunto de fatores que ultrapassam as barreiras tradicionais. A representatividade é essencial, e segundo o missólogo: "As representantes de beleza são vozes ativas, tornando-se porta-vozes de grupos diversos." Essas mulheres não são apenas símbolos, mas agentes ativos de transformação social. 

O papel social ganha relevância, com as representantes de beleza tornando-se embaixadoras de causas nobres. O especialista destaca: "Elas utilizam suas plataformas para impulsionar mudanças positivas na sociedade, destacando projetos sociais e envolvimento comunitário como elementos fundamentais em suas trajetórias." 

Um exemplo deste papel é a Ex-Miss Portugal e advogada especializada em Direito Esportivo, Sara Duque, que ajuda na adaptação de jogadores de futebol brasileiros que chegam para tentar a vida na Europa.

A dimensão internacional do papel de representante de beleza é enfatizada, como Hazzy observa: "Elas atuam como diplomatas, conectando diferentes culturas e comunidades. Essa perspectiva global destaca a importância da inteligência e sensibilidade cultural nesse papel único."

Apesar dos desafios persistentes e estigmas associados, as representantes de beleza continuam desafiando estereótipos, como destaca Hazzy: "Elas mostram que beleza e intelecto não são mutuamente exclusivos, desempenhando um papel vital na evolução de uma sociedade engajada e consciente."

Assim, a beleza transcende as aparências e se torna uma ferramenta poderosa para inspirar mudanças significativas no mundo, conforme destacado por Evandro Hazzy e refletido na evolução do papel das representantes de beleza.

Evandro Hazzy ficou nacionalmente conhecido por ser o preparador de Misses Brasil que mais conduziu jovens à coroa. Ao todo, foram 8 beldades que receberam o título. 




Comente esta notícia