logomarca
Cuiabá, 21 de Junho de 2024.

Saúde Sexta-feira, 07 de Junho de 2024, 16:00 - A | A

Sexta-feira, 07 de Junho de 2024, 16h:00 - A | A

Junho Vermelho

Saiba o passo a passo da doação de sangue

Enfermeira desmistifica o procedimento e ressalta informações importantes para a execução

Divulgação

WhatsApp Image 2024-06-07 at 15.45.40.jpeg

 

A campanha Junho Vermelho tem como intuito ressaltar a importância da doação de sangue para a sociedade. Apesar de ser um processo simples e seguro, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o que ocorre antes, durante e depois. Divulgar como cada etapa desse procedimento funciona incentiva mais indivíduos a participarem, contribuindo para salvar vidas.

Ao chegar no local da doação, é necessário passar por um cadastro e uma triagem clínica para avaliar as condições de saúde. Esta fase verifica histórico médico, viagens recentes e hábitos diários do doador com o intuito de verificar a elegibilidade dele, garantindo a segurança do mesmo e do receptor. Josiana Oliveira, enfermeira e professora do curso de Enfermagem da UNINASSAU Rio de Janeiro, cita os requisitos para doar. “É preciso apresentar documento oficial de identificação; ter entre 16 e 69 anos; pesar mais de 50 kg; estar em boas condições de saúde; ter consumido alimentos leves (não é preciso jejum); e ter dormido 6 horas nas últimas 24 horas”.

A docente também explica que a ideia de restrições baseadas no tipo sanguíneo é um mito. “Todos são importantes e necessários, seja RH positivo ou negativo. Muitas pessoas podem se beneficiar de uma doação, mesmo não sendo exatamente do mesmo tipo sanguíneo, mas de um grupo compatível”, ressalta Josiana.

Uma vez aprovado na triagem, o doador é encaminhado para a sala de coleta. Esse momento é rápido e, geralmente, indolor, durando de 10 a 15 minutos. A agulha usada é estéril e descartável, garantindo a segurança do procedimento. Todo o processo é monitorado por profissionais de saúde capacitados, que estão disponíveis para ajudar caso o indivíduo se sinta desconfortável.

Após a coleta, a pessoa é orientada a descansar por alguns minutos e, em seguida, recebe um lanche. Esta etapa é importante para repor as energias e assegurar que ela se sinta bem antes de deixar o local. Além disso, é recomendável continuar a hidratação e evitar atividades físicas intensas nas 24 horas seguintes. De acordo com a enfermeira, o organismo humano saudável repõe o volume de sangue doado no mesmo dia. A ingestão de líquidos é fundamental para facilitar esse processo.

Porém, há algumas condições que impedem provisoriamente a doação de sangue. Elas são febre, anemia, gravidez, tatuagens e piercings colocados há menos de um ano da data escolhida para doar.




Comente esta notícia