logomarca
Cuiabá, 14 de Julho de 2024.

Saúde Sexta-feira, 03 de Maio de 2024, 16:07 - A | A

Sexta-feira, 03 de Maio de 2024, 16h:07 - A | A

avanço

Reprodução assistida torna possível que mais mulheres celebrem o primeiro Dia das Mães 

Número de nascidos vivos de mães com mais de 40 anos cresceu 55,7% em dez anos

Divulgação

Crédito Victor Ataíde 3.jpg

 

"Quando olho para ele, mal posso acreditar. Preciso me beliscar para confirmar que não é um sonho." Essas são palavras que poderiam ser ditas por muitas mulheres que, neste mês de maio, celebram seu primeiro Dia das Mães com seus bebês. Graças aos progressos em técnicas de reprodução assistida, muitas conseguem vivenciar a maternidade, mesmo após anos de tentativas frustradas.


Claudia Navarro, médica especialista em reprodução assistida, comenta sobre o início do tratamento: "Começamos sempre com uma avaliação clínica detalhada. Analisar o histórico médico é crucial para identificar causas potenciais de infertilidade”. A medicina esclarece que existem várias opções para casais com dificuldades de concepção, desde o Coito Programado até Inseminação Intrauterina e Fertilização In Vitro. A escolha do tratamento ideal irá depender de vários fatores como a causa da infertilidade, a idade da mulher, tempo de infertilidade, entre outros. A avaliação, realizada por um especialista, irá ajudar a encontrar a melhor opção de tratamento. 


Os dados revelam uma crescente procura por esses tratamentos. O número de embriões congelados, conforme o Sistema Nacional de Produção de Embriões (SisEmbrio) da Anvisa, aumentou 125,52% entre 2014 e 2023, saltando de 47.812 para 107.830 procedimentos anuais. Adicionalmente, um aumento notável também foi observado entre mulheres mais velhas: de 2012 a 2022, o número de nascidos vivos de mães com mais de 40 anos cresceu 55,7%, passando de 68.411 para 106.529, segundo o Ministério da Saúde. Esses números não só demonstram a crescente eficácia e aceitação das técnicas de reprodução assistida, mas também uma mudança cultural significativa na concepção de família e maternidade.


"Esses avanços oferecem uma nova liberdade, e, também permitem que a jornada para a parentalidade se alinhe com os sonhos e necessidades individuais," acrescenta Navarro.


No entanto, é essencial que os casais procurem orientação de profissionais especializados. Esses especialistas são os indicados para recomendar o tratamento mais adequado para cada casal, orientando sobre todo o processo, até que possam finalmente celebrar a realização do sonho de ter filhos. Afinal, cada história de maternidade é única, e a reprodução assistida está cada vez mais capacitada para tornar esses sonhos realidade.

 



Comente esta notícia