logomarca
Cuiabá, 19 de Julho de 2024.

Pet Quinta-feira, 21 de Março de 2024, 22:51 - A | A

Quinta-feira, 21 de Março de 2024, 22h:51 - A | A

Viagem com pet

Vai viajar de carro na Páscoa? Veja como levar a família toda em segurança

Crianças e pets devem usar os dispositivos de segurança indicados pelo código de trânsito e o carro deve passar por uma revisão antes de cair na estrada

Foto pixabay/ Montagem RCQ

IMG_9330.jpeg

 


Um dos poucos feriados prolongados de 2024 é a comemoração de Páscoa, que esse ano acontece na última semana de março. Quem quer aproveitar a data para viajar de carro não pode deixar de tomar os cuidados que garantem uma ida e volta em segurança com toda a família. Pensando nisso, Felipe Genovesi, Diretor de Vendas e Parcerias da Justos, empresa de seguros que usa inteligência artificial, tecnologia e design para oferecer um serviço prático que recompensa motoristas conscientes, recomendou seguir essas dicas:

 

  • Faça a revisão do veículo

Realizar uma manutenção preventiva é essencial para que você não seja pego de surpresa com algum problema no seu carro, atrapalhando sua viagem. Por isso, leve seu carro a um mecânico de confiança para a revisão completa que deve incluir óleo do motor e outros fluidos, filtros, alinhamento e balanceamento das rodas, estado dos pneus, freios e suspensão, sistema elétrico, tanque de gasolina, suspensão, escapamento, airbags (se tiver) e, claro, faróis.

 

  • Não se esqueça dos documentos pessoais e do carro

Certifique-se de levar consigo a documentação do veículo, incluindo o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), além de sua carteira de motorista e documentos pessoais.

 

  • A segurança das crianças é prioridade 

A Lei da Cadeirinha estabelece obrigatoriedade de utilização de equipamentos apropriados, levando em consideração a idade, peso e altura de cada criança. Essa regra vale para crianças com menos de 10 anos e que não tenham atingido a altura de 1,45m. Vale lembrar também que as crianças dessa faixa etária devem ser transportadas no banco traseiro. Além de escolher o dispositivo adequado, é preciso garantir que a cadeirinha de segurança possui o selo de certificação do INMETRO e está instalada corretamente no banco traseiro do veículo.‍

 

  • Os pets podem ir junto, mas seguindo algumas orientações 

A legislação brasileira permite que os tutores de pet possam transportá-los em carros de passeio, desde que o transporte seja feito de forma segura, em uma caixa de transporte, com cinto de segurança feito para os animais ou outras possibilidades previstas em lei. O código de trânsito brasileiro reforça que o pet precisa estar confortável, de preferência no banco de trás, jamais no colo do motorista, nos seus braços ou entre as pernas. Vale lembrar que apesar dos doguinhos amarem sentir o vento no rosto, andar com os animais com a cabeça para fora, além de gerar multa, pode ocasionar otite, devido ao vento nas orelhas.

 

  • Tenha um seguro de confiança

Segundo dados da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais (CNseg) cerca de 70% da frota brasileira circula hoje sem seguro. Mas você não vai arriscar a pegar estrada no feriado sem essa garantia, certo? Procure oferta de um seguro digital como o da Justos, que pode ser contratado e ativado por aplicativo. Você pode criar um plano customizado para as suas necessidades ativando, por exemplo, o suporte em longas distâncias durante a viagem, e depois, na volta para casa, adaptá-lo para suas necessidades de rotina.

 

  • E em caso de imprevistos…

Mantenha a calma, não tente realizar consertos sem a supervisão de um profissional. Em caso de acidente ou pane, a primeira coisa a fazer é procurar um local adequado para parar o carro e acionar, por telefone ou pelo aplicativo, o seguro contratado.

“Lembre-se: a segurança na estrada é responsabilidade de todos. Ao seguir estas dicas, você estará garantindo uma viagem mais tranquila e segura para você e seus familiares”, finaliza Genovesi. 

 

Sobre a Justos

A Justos é a empresa de seguros que usa inteligência artificial, tecnologia e design para oferecer um serviço prático que recompensa motoristas conscientes. Com o objetivo de promover um trânsito mais seguro, a empresa oferece recompensas para motoristas que têm bom desempenho em avaliação feita pelo próprio aplicativo por meio de telemetria. Fundada em 2020 pelo indiano Dhaval Chadha, o mexicano Jorge Soto Moreno e o espanhol Antonio Molins, a Justus está presente em todo o território brasileiro e tem licença da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) para operar no ambiente de sandbox. Entre seus investidores estão os fundos Ribbit Capital, Kaszek, SoftBank Latin America, SCOR, GGV e big_bets, e também CEOs de grandes unicórnios como David Vélez (Nubank), Carlos Garcia (Kavak), Fritz Lanman (Mindbody) e Assaf Wand (Hippo).




Comente esta notícia