logomarca
Cuiabá, 15 de Julho de 2024.

Pet Segunda-feira, 13 de Maio de 2024, 21:13 - A | A

Segunda-feira, 13 de Maio de 2024, 21h:13 - A | A

Alimentação do pet

Como manter o alimento do pet sempre fresco?

O cuidado com o armazenamento é essencial para manter os benefícios nutricionais e garantir alimentos frescos aos pets

 

O verão ainda nem chegou, mas as temperaturas já estão batendo recordes em diversas cidades brasileiras. O calor e o tempo seco têm impacto não só para as pessoas, mas também para os animais de estimação, que podem demonstrar falta de apetite e de disposição. 

Por isso, além de escolher uma alimentação completa e balanceada, o modo de armazenar o alimento também é fundamental para manter os benefícios nutricionais e garantir o melhor aproveitamento dos alimentos pelos cães e gatos.

“Os cuidados com a conservação começam ainda na escolha do alimento na loja. É preciso examinar bem a embalagem antes de efetivar a compra para garantir que o pacote não esteja danificado ou fora do prazo de validade”, explica a médica-veterinária Marina Macruz, supervisora de Capacitação Técnico-Científica e Técnico-Comercial da PremieRpet®.

 

Uma vez em casa, ela esclarece que é preciso armazenar corretamente o produto. “Escolher um local arejado, fresco, sem contato direto com o chão, protegido do sol e da umidade para guardar o alimento é um aspecto muito importante, pois evita a formação e desenvolvimento de micro-organismos como fungos e bactérias”, aponta.

 

Marina também indica uma série de boas práticas de armazenamento para não perder os benefícios nutricionais do alimento:

 Mantenha o alimento em sua embalagem original. Além de ser uma barreira de proteção, ela contém informações importantes do produto como a data de validade, os níveis de garantia e ingredientes. 

Potes herméticos são uma boa opção para maior segurança no armazenamento, desde que sejam foscos, à prova de luz e que o alimento seja mantido dentro de sua embalagem original.

Ao alimentar o pet, retire da embalagem apenas a porção que for oferecer a ele. Não deixe o alimento exposto o dia todo, pois sob altas temperaturas ocorre deterioração da qualidade. Sempre descarte as sobras e nunca retorne à embalagem original.

 Após abrir o produto, o alimento seco deve ser conservado de maneira adequada e consumido em até 4 semanas, a fim de preservar o sabor, a crocância e os nutrientes. Já no caso de alimentos úmidos, como PremieR Gourmet, se não for oferecido todo o conteúdo do sachê em uma refeição, armazene o produto dentro da embalagem original, vedado e refrigerado. O ideal é que seja consumido em até 48 horas após sua abertura.

 

A médica-veterinária ressalta, ainda, que o ideal é sempre lavar e secar o comedouro antes de reabastecê-lo com alimento. “Não se deve deixar sobras no pratinho, pois esses restos que tiveram contato com a saliva do pet e ficaram expostos ao ambiente podem favorecer o desenvolvimento de micro-organismos e contaminar o próximo alimento”, orienta.

 

Seguindo essas dicas, o pet terá um alimento sempre fresco, nutritivo e saboroso!

 

Sobre a PremieRpet®

Desde 1995 a PremieRpet® existe para tornar a relação das pessoas com seus animais de estimação a mais próxima, prazerosa e longa possível. Uma empresa orgulhosamente brasileira, especialista em alimentos naturais de alta qualidade para cães e gatos, é detentora das marcas PremieR, GoldeN e Vitta Natural. Com uma trajetória pautada pela inovação constante e direcionada pelo consumo consciente em todos os níveis de atividade, a PremieRpet® prioriza a alta qualidade dos insumos e o bem-estar animal. É destaque no segmento super premium por oferecer a melhor nutrição para cães e gatos em todas as fases da vida. O portfólio da marca inclui alimentos secos, úmidos e cookies, com mais de 300 itens comercializados exclusivamente em pet shops e clínicas veterinárias. Mais informações no site www.premierpet.com.br e pelo PremieRpet®Responde: 0800 055 6666 (de segunda a sexta, das 8h30 às 17h30).




Comente esta notícia