logomarca
Cuiabá, 15 de Julho de 2024.

Pet Quinta-feira, 18 de Abril de 2024, 00:47 - A | A

Quinta-feira, 18 de Abril de 2024, 00h:47 - A | A

Conscientização animal

14 de Março: data reforça conscientização sobre direitos dos animais

Dia Nacional dos Animais busca conscientizar sobre maus-tratos e abandono

Divulgação

IMG_0523.jpeg

 

 

Os animais desempenham um papel fundamental em vários aspectos da vida, tanto para os ecossistemas naturais quanto para os seres humanos. No dia 14 de março, comemora-se o Dia Nacional dos Animais. A data, além de enaltecer a importância dos bichinhos, tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre os cuidados que devem ser dados aos animais, sejam domésticos ou selvagens.

A celebração foi criada em 2005 por um grupo de entidades que atuam em prol da proteção animal e também é um convite a reflexões como maus-tratos, abandono e adoção responsável. Para Simone Cordeiro, diretora-comercial da Au!Happy, operadora de plano de saúde para pets, o Dia Nacional dos Animais é uma forma de garantir o bem-estar e combater os maus-tratos e outras formas de violência animal.

“O dia é destinado a conscientizar a população a respeito dos direitos dos animais e serve como um lembrete para promover o respeito e o cuidado com todas as criaturas vivas que compartilham nosso planeta, desde os animais de estimação, que nos trazem alegria e companheirismo, até as espécies selvagens que habitam nosso ecossistema”, lembra Simone Cordeiro.

A crueldade, o abandono, a exploração e a destruição de habitats são apenas algumas das ameaças que os animais enfrentam diariamente. A lei nº 14.064/2020, que altera a Lei nº 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais), surge com objetivo de impor medidas concretas para proteger esses seres vivos.

“Conforme a lei nº 14.064, a pena para os autores de crimes contra os animais, quando se trata de cães e gatos, passou a ser de dois a cinco anos e multa”, completa a diretora-comercial da Au!Happy.




Comente esta notícia