logomarca
Cuiabá, 13 de Junho de 2024.

A | A

Dicas!

Iluminação de piscinas: dicas para instalar os artigos corretamente e de forma segura

A Yamamura traz orientações para realizar uma iluminação adequada nas áreas dentro e fora da piscina

foto de Emerson Rodrigues

E8CA16F7-2508-4D2F-96AA-6D2DA855029E.jpeg

Projeto da arquiteta Luciana Ballio


Nos dias de calor, a área de lazer é uma das mais disputadas em casas, prédios ou clubes. Por isso, muita gente tem o desejo de instalar a sua própria piscina para curtir ao lado da família e dos amigos. No entanto, da mesma forma que é preciso estar atento à qualidade de equipamentos, revestimentos e mobiliários escolhidos para esse espaço, também é importante escolher os artigos de iluminação adequados, de forma a garantir a eficiência e a segurança. A Yamamura, megastore com cinco décadas de experiência, traz recomendações para ajudar quem tem dúvidas nesse assunto.

 

Índice de Proteção

As piscinas são locais, essencialmente, de descanso e bem-estar, que podem ser encontrados em espaços internos ou externos da casa. Em ambos os casos, por se tratar de regiões que estão em contato direto com a água, a iluminação deve conter, necessariamente, um índice de proteção acima de IP65, que garante maior segurança frente à respingos, IP67 responsável por garantir o funcionamento da peça em imersões temporárias de água e, IP68, ideal para áreas dentro das piscinas por ter proteção prolongada.

Foto: Divulgação Power Lume

FBD4B2A6-6A74-4B62-BD48-C10842AD3848.jpeg

Iluminação instalada dentro e fora da piscina

 

Tensão

Também é necessária a utilização de artigos de iluminação com baixa tensão em um raio de até 2,5m do perímetro da piscina, para evitar choques e acidentes. Além disso, ao especificar o driver, é necessário que ele tenha a mesma tensão do produto e, que esteja alojado até 10m de distância dele, levando em consideração que, caso o driver não tenha o IP65, ou mais, ele deve estar alojado em um local fechado, sem ação das intempéries, além de ter fácil acesso para a manutenção. Vale lembrar que, para casos de fibra ótica, essas regras são um pouco diferentes, pois a corrente elétrica fica concentrada apenas na fonte de iluminação. Em caso de dúvidas, procure um especialista no tema!

 

Obs: A área referente à baixa tensão é sempre até 2,5m do perímetro (formato) e superfície da piscina, tanto horizontalmente quanto verticalmente.

 

 

Temperatura de Cor

A iluminação de temperatura branco quente (2700K a 3000K) sempre está relacionada ao relaxamento e, não seria diferente no caso da área da piscina. Seu efeito torna os locais mais aconchegantes e com um clima perfeito para os momentos de lazer. 

 

 

foto de Emerson Rodrigues

04B6A155-9A19-4A9B-83F6-35DF903734BC.jpeg

 

 

Projeto da arquiteta Luciana Ballio 

 

 

Produtos recomendados

Nessa região são utilizadas peças específicas para áreas externas, como embutidos de solo, balizadores ou arandelas, além de produtos que garantem proteção subaquática, nos casos em que a iluminação for específica para ser implantada debaixo d’água. Afinal, são áreas que necessitam de especificações mais técnicas e que suportem a pressão d’água, além das intempéries (no caso das piscinas à céu aberto).

 

Principais cuidados

É necessário sempre obedecer às recomendações técnicas dos fabricantes a respeito de tensões (para evitar choques) e índices de proteção (para o funcionamento correto de cada peça). Além disso, é preciso pensar também na aplicação do produto. Caso seja de sobrepor, o ideal é que ela não fique em locais de passagem, pois as pessoas podem tropeçar. Também é importante entender qual o efeito desejado e até onde a luz deve alcançar, sempre tendo a atenção voltada para a altura dos olhos e, assim, evitar um possível ofuscamento.

 

 

foto de Emerson Rodrigues

D137868B-BD0A-4647-9419-428ADB969487.jpeg

 

 

Projeto da arquiteta Luciana Ballio 

 

 

Não deixe para depois

Durante uma construção ou reforma, em meio a tantas preocupações e detalhes, muitas pessoas lembram da iluminação apenas no fim do processo. Por isso, o ideal é que a iluminação inteira da casa (incluindo a área da piscina) seja especificada durante a fase da fiação elétrica, para que assim, seja possível incluir a quantidade pontos de luz necessários no espaço. Uma ideia interessante é investir em um projeto luminotécnico, que irá contribuir com o maior conforto da família. Assim, ninguém corre o risco de ficar com a área de lazer com luzes insuficientes para curtir as noites de calor.

 

 

Sobre a Yamamura

A Yamamura, considerada a maior megastore do segmento de iluminação da América do Sul, com 50 anos de história, prioriza a sua proximidade com os seus clientes. Através de seu time de especialistas em iluminação, com toda a expertise técnica, a empresa contribui com as melhores escolhas de iluminação para os lares brasileiros. Com milhares de itens de altíssima qualidade, além de peças exclusivas, a equipe da rede seleciona cada opção de produto com um olhar atual, para surpreender cada vez mais o público.

Tanto para os consumidores finais, quanto para profissionais da área, arquitetos, decoradores e lighting designers, a empresa disponibiliza um departamento próprio de criação com profissionais capacitados para compartilhar todo o seu conhecimento nas mais avançadas plantas luminotécnicas. Sempre se reinventando, a marca está atenta às novas tendências da iluminação e do design. A Yamamura possui lojas cinco lojas em SP: Rua da Consolação, Shopping Lar Center, Campinas, São Bernardo do Campo e, a sua mais nova loja em Santo André, além do e-commerce: www.yamamura.com.br, com vendas para todo o Brasil.

 

 

 




Comente esta notícia