logomarca
Cuiabá, 13 de Junho de 2024.

A | A

Conforto

Como escolher o colchão ideal em 4 passos

Tamanho, densidade, tipo de conforto e certificação de qualidade são alguns dos pontos de atenção no momento da compra, conforme explica a especialista da BF Colchões

Divulgação

56C71C59-A137-4CA2-91CE-BF2CD3D4D675.jpeg

 


A escolha de um novo colchão pode ser uma tarefa um pouco desafiadora. Além das inúmeras opções hoje presentes no mercado, as compras pela internet configuram uma nova realidade: o processo tornou-se muito mais rápido e prático. No entanto, a escolha do modelo online exige o conhecimento prévio do consumidor de alguns fatores básicos. De acordo com Vanessa Ferraz, head de e-commerce da BF Colchões, pontos como o tamanho, densidade, tipo de conforto e as certificações de qualidade, são os mais relevantes a serem analisados.

“Costumo dizer que não existe o colchão perfeito, mas sim, o colchão ideal para cada um. A fórmula mais equilibrada para essa escolha, deve combinar o tamanho, densidade e o gosto da pessoa, que pode ir dos macios até os mais firmes. Quanto às certificações de qualidade, é indispensável que o modelo tenha o selo do INMETRO, mas outras chancelas, como a do INER, diferenciam esses produtos em termos de qualidade e durabilidade”, explica Vanessa.

 

Tamanho

Uma das primeiras coisas que se deve saber ao iniciar o processo de compra de um colchão é o seu tamanho. Medidas como de solteiro, casal, queen e king, costumam ser padronizadas, mas não custa checar a metragem do seu atual colchão com as informações disponibilizadas pelo novo produto em questão. Se o objetivo é comprar um colchão maior ou menor, avalie se a estrutura da cama – seja ela box ou padrão – comporta essa mudança e não se esqueça dos jogos de lençol. Ao trocar um colchão de tamanho queen por um king, provavelmente será preciso renovar também as roupas de cama.

 

Densidade ou suporte de peso e altura

De acordo com Vanessa, os colchões são apresentados em diferentes densidades, ou seja, a quantidade de espuma por cada metro cúbico. Quanto maior for essa densidade, mais peso e pressão o colchão é capaz de suportar.

“É uma conta simples de peso e altura das pessoas que utilizarão o produto. Um colchão D23, por exemplo, é ideal para quem tem até 1,80 metro de altura e 50 quilos, no máximo. Um colchão D28 vai um pouco além, suportando até 70 quilos e 1,90 metro de altura. Pessoas com peso entre 70 e 100 quilos, devem procurar por um colchão com densidade a partir de 33. Acima dos 100 quilos, a densidade indicada é a 45. Levar isso em conta é fundamental para a durabilidade do produto, pois evita que ele deforme e se deteriore muito antes do previsto”, destaca.

 

Tipo de conforto

Outro ponto importante a ser levado em conta na escolha de um colchão é o tipo de conforto oferecido, algo que está diretamente relacionado ao gosto pessoal. Existem desde os colchões de nível macio para os que gostam da sensação de dormir nas nuvens, até o nível intermediário/macio - como o Smart Spring, que alia alto nível de conforto e sustentação ideal para a coluna - e as opções mais firmes e extrafirmes, como o Ortopédico Queen de Espuma D45.

“Colchões de espuma são bons para a coluna, pois costumam ser mais firmes e apresentar grande estabilidade. Além disso, eles podem ser utilizados dos dois lados. Já os colchões de mola são ideais para quem dorme acompanhado ou gosta de dormir de lado, já que absorvem o impacto de quando a outra pessoa se mexe e aliviam os pontos de pressão, apresentando maior sustentação de peso”, explica a head de e-commerce da BF Colchões.

 

Confira a certificação do colchão

Ainda de acordo com a especialista, avaliar os selos de certificação são extremamente importantes. Além do INMETRO, uma certificação obrigatória aos colchões comercializados no Brasil, Vanessa destaca o selo do INER (Instituto Nacional de Estudos do Repouso), que atualmente tem sob sua chancela apenas seis fabricantes – entre elas a BF Colchões - em todo o país.

“O INER é um selo pró-espuma e é o único que existe, além do INMETRO, na categoria de colchões. Enquanto pelo INMETRO as fábricas produzem os colchões e enviam uma amostra anualmente para avaliação, pelo INER o processo é diferente. Eles fazem três visitas surpresa na fábrica ao longo do ano e recolhem amostras de colchões e espumas aleatoriamente. Esses produtos e insumos vão para um laboratório de testagem e somente os que seguem os padrões de qualidade são aprovados”, detalha a executiva.

 

Sobre a BF Colchões

Com mais de 55 anos de história, a marca brasileira BF Colchões é atualmente líder em vendas pela internet e a Nº 1 em avaliação dos clientes. Carregando o propósito de fazer com que o máximo de pessoas possam dormir bem e sonhar, a companhia investe continuamente em alta tecnologia e inteligência aplicada ao sono. Matérias-primas premium e os mais rigorosos selos de certificação, são alguns dos diferenciais impressos em cada solução desenvolvida e apresentada aos consumidores. Diferentes tipos de colchões, camas box, pillow top, travesseiros, puffs, futons e camas pet compõe o amplo portfólio da marca.




Comente esta notícia