logomarca
Cuiabá, 22 de Julho de 2024.

Arte e Cultura Sexta-feira, 01 de Março de 2024, 15:05 - A | A

Sexta-feira, 01 de Março de 2024, 15h:05 - A | A

gentileza

Vale a pena ser gentil?

Especialista em Ciências Humanas, Domingos Sávio Zainaghi escreve sobre o poder da gentileza na construção de relações humanas sadias, e as consequências da falta dela no cotidiano

 

Divulgação

capa-vale-a-pena-ser-gentil (2).jpg

 

Como ser cordial em uma era de intensa polarização política, discursos de ódio, desavenças e egoísmo? A máxima “gentileza gera gentileza” é trazida ao debate pelo professor universitário, Ph.D. em Direito do Trabalho e especialista em Ciências Humanas, Domingos Sávio Zainaghi, no livro Vale a pena ser gentil?, publicado pela Literare Books. A pergunta que intitula a obra é respondida pelo autor página a página, mas não antes sem fazer o leitor refletir sobre as próprias atitudes na relação com a família, no trânsito, no trabalho, nos negócios e, principalmente, consigo mesmo.

De leitura dinâmica, a obra é dividida em 24 capítulos curtos e com dicas práticas para começar a aplicar no dia a dia. Como ser um bom ouvinte e dar a devida atenção ao próximo, aprender a compartilhar – materiais, problemas ou vitórias –, formas de gerar empatia e ser mais cortês, e como conseguir ser gentil mesmo enfurecido ou até aprender a corrigir alguém em público sem ser deselegante estão entre os ensinamentos abordados.

Profissionalmente, uma pessoa gentil costuma reunir outras características
muito bem apreciadas no mercado de trabalho, como a capacidade de
administrar conflitos, solucionar problemas, não se estourando com pessoas
e tem facilidade de trabalhar em grupo.
 (Vale a pena ser gentil?, pág. 90)

Domingos acredita no poder da gentileza, mas também nas consequências da falta dela: “quando você se mostra distante com alguém, há uma reação negativa dessa pessoa, até de forma inconsciente”, comenta, ao exemplificar uma situação em que um desconhecido o tratou com indiferença durante um jantar, mas ao se dar conta de que era um nome conhecido da área, mudou de atitude.

Ao contrário, relembra um episódio de cordialidade entre ele e o motorista de uma antiga Kombi em um posto de combustível. Eles não se conheciam, e este homem seria o chefe de Domingos anos mais tarde. Assim, a gentileza conferida, além do bem-estar instantâneo, influenciou positivamente na relação futura.

Observador do comportamento humano desde cedo, o autor enxerga a gentileza como virtude exclusivamente voltada para o bem. Ele, que sempre se relacionou com diversos perfis – na universidade, no meio jurídico e no convívio pessoal – reuniu percepções, experiências e conhecimentos sociais para motivar a mudança de atitudes em quem busca mais leveza no cotidiano. Ao ler Vale a pena ser gentil?, a conclusão será evidente.

 

FICHA TÉCNICA

Título: Vale a pena ser gentil?
Autor: Domingos Sávio Zainaghi
Editora: Literare Books
ISBN: 978-65-5922-300-8
Páginas: 111
Formato: 14 x 21 cm
Preço: R$ 44,90
Onde comprar: Literare Books e Amazon

Divulgação

domingos-savio-zainaghi.jpg

 

Sobre o autor: Domingos Sávio Zainaghi é advogado, professor universitário, jornalista, especialista em ciências humanas e palestrante no Brasil e mais de 20 países. É mestre e doutor em Direito do Trabalho pela PUC-SP, e pós-doutor em Direito do Trabalho pela Universidad Castilla - La Mancha, na Espanha. Pós-graduado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduado em Sociologia, História e Filosofia pela PUC-RS. É professor do curso de mestrado em Direitos Fundamentais do UNIFIEO e coordenador da pós-graduação em Direito Desportivo da Faculdade LEGALE.

Na literatura é autor de 20 livros jurídicos e não jurídicos, e membro da Academia Paulista de Letras Jurídicas, da Academia Internacional de Literatura Brasileira e da União Brasileira de Escritores (UBE).

Redes sociais do autor:
Instagram: @domingossaviozainagh
Facebook: /domingoszainaghi

Site do autor: www.nucleozainaghi.com.br




Comente esta notícia