logomarca
Cuiabá, 22 de Julho de 2024.

Arte e Cultura Sexta-feira, 24 de Maio de 2024, 13:53 - A | A

Sexta-feira, 24 de Maio de 2024, 13h:53 - A | A

MPB

Prêmio da Música Brasileira se une à União Brasileira de Compositores e lança nova categoria: Prêmio do Músico Brasileiro

Divulgação

titulo

 

O Prêmio da Música Brasileira (PMB) e a União Brasileira de Compositores (UBC) se unem em uma parceria inédita e anunciam a criação da nova categoria "Prêmio do Músico Brasileiro", com estreia na 31ª edição do PMB, que homenageará Tim Maia, dia 12 de junho, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. A iniciativa é dedicada a celebrar, premiar e reconhecer a contribuição vital dos músicos para a construção da música brasileira. O anúncio do primeiro vencedor, uma figura central na criação da nossa música contemporânea, em diversos gêneros, promete ser um dos pontos altos da premiação.

A união entre o Prêmio da Música Brasileira e UBC tem o objetivo de valorizar a arte e a contribuição dos músicos na construção e alcance da música brasileira. O movimento parte do entendimento comum entre o Prêmio e a entidade, de que a música, em sua essência, não teria a mesma riqueza sem a participação vital dos músicos, que são responsáveis por dar vida às composições e performances.

“A partir da parceria entre o Prêmio da Música Brasileira com a UBC, homenagearemos a cada ano um músico de excelência para a nossa história. A premiação surge para que coloquemos um foco merecido nestes grandes artistas do Brasil. Agradecemos imensamente a UBC. Juntos, seguiremos em busca do melhor para a música e o artista brasileiro”, afirma Zé Maurício Machline, diretor e realizador do PMB.

Os artistas brasileiros, reconhecidos mundialmente por sua inventividade, talento, dedicação ao estudo e excelência técnica, são fundamentais para o sucesso de muitas carreiras e canções icônicas. Agora, com a iniciativa, o PMB e a UBC sinalizam, tanto ao mercado, quanto para os fãs de música, que esses profissionais devem ter o merecido reconhecimento, em especial no palco de uma das principais celebrações da cultura brasileira.

Com a transformação dos meios de lançamento e audição de música na era digital, muitos músicos enfrentam um cenário de desinformação sobre créditos. É comum que as participações de músicos nas gravações não sejam reconhecidas, levando a uma falta de crédito e, muitas vezes, de remuneração devida.
 

“A criação desta categoria é uma forma de agradecimento pela imensa contribuição dos músicos para a diversidade e riqueza da nossa música. O músico brasileiro, admirado, respeitado e incensado no mundo inteiro precisava dessa homenagem no seu próprio país. Creditar os músicos não é apenas uma questão de justiça e remuneração, mas essencial para a criação de um mercado musical sustentável e digno da grandeza da música brasileira”, pontua Marcelo Castello Branco, diretor executivo da UBC.

Com a novidade, sobe para 33 o número de categorias em que artistas brasileiros terão seus talentos reconhecidos no 31º Prêmio da Música Brasileira. Confira a lista de indicados em todas as categorias no site oficial do PMB.

O evento será transmitido ao vivo pelo Canal Brasil e pelo canal do Prêmio da Música Brasileira no YouTube, contando com os patrocínios de Ifood, PRIO, Arcelor Mittal, União Brasileira de Compositores (UBC) e Cimed. Novabrasil, Billboard Brasil, O Globo, Valor Econômico, K2D Produções e Pronto Jornal (Caio Braz) são os parceiros de mídia, e Spotify Brasil é o player oficial.

As informações completas sobre o Prêmio da Música Brasileira, incluindo a 31ª edição e a história da premiação também estão disponíveis no site oficial do PMB.
 ‎   ‌
 ‎   ‌

Sobre o Prêmio da Música Brasileira:

Há 36 anos celebrando esse país chamado música, o Prêmio da Música Brasileira é um marco na valorização da diversidade e riqueza da cultura brasileira. Criado em 1987, o prêmio foi se transformando sob a liderança de José Maurício Machline e Giovanna Machline, perseverando graças ao apoio de uma comunidade apaixonada pela música nacional, com olhar cada vez mais atento à regionalidade da nossa música. Anualmente, o prêmio homenageia figuras icônicas da nossa música brasileira, abrangendo uma gama diversa de gêneros e estilos, destacando nomes como Tom Jobim, Clara Nunes, e Maria Bethânia. O prêmio também tem inovado ao celebrar ritmos, como o samba em sua 25ª edição. A 31ª edição homenageia Tim Maia, destacando seu legado como ícone da música brasileira. O PMB não apenas celebra os artistas e suas obras, mas está também consolidado como uma plataforma crucial para o reconhecimento e a valorização da cultura do Brasil.

Sobre a UBC:

A UBC – União Brasileira de Compositores – é uma associação sem fins lucrativos, dirigida por autores, que tem como objetivo principal a defesa e a promoção dos interesses dos titulares de direitos autorais de músicas e a distribuição dos rendimentos gerados pela utilização das mesmas, bem como o desenvolvimento cultural. Fundada em 1942 por grandes nomes da música, a UBC atua até hoje com dinamismo, excelência em tecnologia da informação e transparência, representando no Brasil e no exterior mais de 60 mil associados. Sendo a mais antiga das sociedades do Brasil, rege, junto a outras sociedades congêneres, o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição – ECAD.




Comente esta notícia