logomarca
Cuiabá, 19 de Julho de 2024.

Arte e Cultura Segunda-feira, 06 de Maio de 2024, 13:26 - A | A

Segunda-feira, 06 de Maio de 2024, 13h:26 - A | A

SENNA

Eduardo Kobra inaugura mural sobre Senna no Autódromo de Miami

Artista plástico também vai expor telas que exaltam o legado do maior ícone brasileiro do automobilismo

Crédito: Team Kobra

unnamed - 2024-05-06T131929.156.jpg

 

Consagrado como um dos maiores expoentes da arte urbana, o artista plástico Eduardo Kobra inaugurou, um mural dedicado ao legado de 30 anos do Ayrton Senna, no Autódromo de Miami, nos Estados Unidos. Realizada no Hard Rock Stadium com apoio da Senna Brands, a obra retrata o olhar marcante do piloto brasileiro e o tradicional capacete amarelo, verde e azul. Na arte, Senna aparece com as duas mãos juntas, simbolizando oração e paz.

“Ao longo da minha carreira, tive o privilégio de pintar murais em várias partes do mundo, alguns deles retratando o próprio Senna, mas poucos projetos têm um significado tão profundo para mim como este. O legado de Senna transcende o esporte e continua a impactar gerações, e é uma honra poder contribuir para preservar sua memória de uma forma tão significativa”, declarou o artista sobre a obra.

A sobrinha do tricampeão e CEO da Senna Brands, Bianca Senna, esteve presente na cerimônia de inauguração nesta quinta-feira. "O Kobra é um grande artista, que projeta a imagem do Ayrton para o mundo. Este mural em Miami é muito emocionante para nós e para os fãs, que agora ganham um novo ponto de visitação para celebrar a memória do nosso campeão e mostra o reconhecimento que o Ayrton tem nos Estados Unidos, um país que, na época em que ele corria, não acompanhava o esporte com tanto interesse quanto hoje”, comenta.

Kobra também vai inaugurar a exposição “Ayrton Senna: 30 anos de saudade”, com telas que remetem à história e à contribuição deixadas pelo ídolo do automobilismo para as gerações de todo o mundo. A mostra acontece no Premium Paddock Club entre sexta-feira (3) e domingo (5), quando serão realizadas as corridas do GP de Miami. 

“Sou muito grato à família de Ayrton Senna e ao Instituto Ayrton Senna por confiar em mim para esta importante tarefa. Sei da responsabilidade que carrego, e sempre dedico todo o meu talento e paixão para criar uma obra que honre verdadeiramente o legado deste grande brasileiro,” acrescenta.

 

Kobra e Senna: uma longa história de homenagens

Admirador da trajetória de Senna, o artista plástico pintou, em 2015, o seu primeiro grande mural sobre um dos maiores ídolos do Brasil. Localizada na esquina da Avenida Paulista com a Rua da Consolação, em São Paulo, a obra também representa o olhar e capacete emblemático de Senna. A inauguração aconteceu dias antes do Grande Prêmio da Fórmula 1 do Brasil, que acontece todos os anos no Autódromo de Interlagos. 

Quatro anos depois, Kobra desenvolveu um mural no Autódromo de Ímola, na Itália, local onde ocorreu a trágica morte de Senna, em 1º de maio de 1994, durante o GP de San Marino. Com 21 metros de comprimento e 7 metros de altura, a arte destaca Senna olhando para o céu e com os dedos para o alto, fazendo referência às comemorações das corridas. A obra também homenageia o piloto austríaco Roland Ratzenberger, que faleceu em Ímola um dia antes do ídolo brasileiro.

“Ayrton Senna foi vencedor dentro e fora das pistas. Gosto de retratá-lo porque ele é um símbolo de fé, de persistência e de garra: um herói que inspirou e segue inspirando as pessoas em todo o mundo,” diz Kobra.

Em 2020, para celebrar o aniversário de 80 anos de Interlagos, Kobra pintou um mural que retrata a memorável vitória de Senna no GP do Brasil de 1991 – primeira grande conquista do piloto no país. Com 27 metros de altura e 10 metros de largura, a obra apresenta o campeão da Fórmula 1 levantando a taça no pódio. A ocasião também foi histórica por Senna ter vencido a corrida usando apenas a sexta marcha. 

 

Sobre Eduardo Kobra

Nascido na periferia de São Paulo em 1975, Eduardo Kobra alcançou reconhecimento global como um dos artistas mais renomados da atualidade. Sua jornada artística começou como pichador na adolescência. Ao longo dos anos, Kobra desenvolveu seu estilo marcante de muralismo, caracterizado por cores vibrantes e contrastantes, e sua habilidade em retratar personalidades, fatos históricos e questões sociais em murais gigantescos.

Com obras em cinco continentes, Kobra quebrou recordes de tamanho de murais, incluindo o maior mural grafitado do mundo. Seu trabalho ganhou visibilidade internacional, com destaque para a obra “O Beijo” em Nova York. Além disso, ele recebeu convites de galerias, museus e organizações, incluindo a ONU, para exibir suas obras e participar de projetos de prestígio. 

Kobra também se envolve em causas sociais, usando a arte como veículo para promover mudanças positivas. Seu Instituto Kobra busca aproximar a cultura a quem tem menos acesso e apoiar causas humanitárias, enquanto suas parcerias com empresas contribuem para viabilizar seus projetos públicos de grande escala. Sua trajetória é um exemplo inspirador de como a arte pode transcender fronteiras e causar impacto positivo no mundo.




Comente esta notícia