logomarca
Cuiabá, 18 de Julho de 2024.

Variedade Sexta-feira, 05 de Julho de 2024, 18:49 - A | A

Sexta-feira, 05 de Julho de 2024, 18h:49 - A | A

Imperdível

Comper realiza Dia C com recital de piano

Neste sábado, 6, o Comper realiza o Dia C com ofertas especiais e um recital gratuito do pianista Arthur Scharneski, das 11h às 13h. Aproveite a chance de fazer compras e apreciar música ao vivo!

Por Mariza Bazo

Divulgação

66a6cbbd-f97c-42ce-844d-872ec3e04c2f.jpeg

 


Como diz o poeta “a artista vai onde o povo está’, dentro dessa premissa, neste sábado 6, o Comper promove o seu tradicional Dia C, recheado de inúmeras ofertas e com diferencial – o recital de piano na unidade da Av. do CPA, com o pianista Arthur Scharneski, gratuitamente, das 11h às 13h. Uma oportunidade para fazer bons negócios e encantar a alma.

O pianista Arthur Scharneski é autodidata com mais de 20 anos de experiência atuando e tocando em diversas áreas e estilos musicais. O mato-grossense, de Rondonópolis, contou que o seu primeiro contato e aprendizado com a música foi aos 9 anos. Iniciou no teclado e foi adquirindo experiências em diversas áreas e estilos musicais no repertório popular, com o tempo e ainda de forma autodidata começou a se interessar pelo piano aonde teve novas experiências atuando em orquestras e realizando trabalhos como pianista solo, porém com um repertório mais clássico e temático. “Minhas influências e experiências nos diversos universos da música me proporcionam hoje, como pianista solo, um vasto repertório que vai do clássico ao contemporâneo, da idade média aos dias atuais, passando por, Mozart, Vivaldi Beethoven, Chopin, Liszt, Tchaikovsky, Villa Lobos”, contou.

Além dos clássicos Scharneski toca também temas folclóricos, infantis. blues, jazz, mpb, salsa, bolero, tango, serestas, guarânias, polcas paraguaias, chorinho, samba, inclusive tem em seu repertório regional o Rasqueado Cuiabano.

A gerente Regional de Operações do Comper em Mato Grosso Izilda Maria da Silva disse que a empresa realiza o Dia C com muitas promoções para os seus clientes porém, sempre oferece algo a mais. “A música encanta a todos e acalma a alma, por isso proporcionamos este momento para os nossos clientes, sem terem que mudar suas rotinas, ao contrário, fazendo suas compras ou almoçando no Trudy’ s restaurante próprio do Comper’, enfatizou.

No Dia C, sábado 6, os clientes encontrarão muitas ofertas e nas compras feitas com o Vuon Card, cartão de crédito próprio da empresa, terão ainda mais benefícios e preços diferenciados.

Se você ainda não possui o Vuon Card, o processo para aquisição é simples, sem burocracia e dentro a loja Comper.

Divulgação

1b3726b1-292d-4fbc-be79-5439e68e4324.jpeg

 



Sobre o Grupo Pereira:

Fundado em 1962, na cidade de Itajaí, em Santa Catarina, o Grupo Pereira completou 61 anos de história em 2023. Atualmente, conta com mais de 19 mil funcionários nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul e no Distrito Federal.
O Grupo Pereira tem 117 unidades de negócio, incluindo 31 lojas da rede de supermercados Comper, 58 lojas do Fort Atacadista (atacarejo), três filiais do Atacado Bate Forte (atacadista de distribuição), 19 lojas SempreFort (varejo farmacêutico), um Broker – distribuidor oficial da Nestlé -, 3 agências de viagens e 2 postos de combustível. Além disso, o Grupo Pereira completa seu ecossistema de soluções ao incluir o braço logístico Perlog e os serviços financeiros da Vuon, que inclui o private label Vuon Card, com mais de 1 milhão cartões emitidos, além de seguros e assistência odontológica.
O Grupo Pereira é o primeiro varejista brasileiro a ser contemplado com o selo CAFE (Certified Age Friendly Employer), concedido pelo norte-americano Age Friendly Institute a empresas que promovem a contratação e retenção de funcionários 50+.
Com a missão de oferecer uma experiência de compra positiva por meio da excelência no relacionamento com clientes, fornecedores e funcionários, o Grupo Pereira também contribui para a sociedade por meio de diferentes programas socioambientais.




Comente esta notícia