logomarca
Cuiabá, 21 de Junho de 2024.

Saúde Quinta-feira, 15 de Junho de 2023, 21:12 - A | A

Quinta-feira, 15 de Junho de 2023, 21h:12 - A | A

Doença perigosa!

Febre Maculosa: Uma doença grave que pode ser evitada

Marcelo Eichholzer de Oliveira Médico infectologista e docente de Doenças Infecciosas e Parasitárias da Faculdade Evangélica Mackenzie do Paraná (FEMPAR).

A febre maculosa é uma doença infecciosa transmitida por carrapatos que pode causar sérios danos à saúde humana. Também conhecida como febre do carrapato, é causada pela bactéria Rickettsia rickettsii e é considerada uma doença grave, podendo levar à morte se não for tratada adequadamente. Neste artigo, abordamos o que é a febre maculosa, quais são seus sintomas e como podemos evitá-la.

 

Divulgação

F7C1611F-BB0A-42D1-BD16-F3DBBB63CA33.png

 Amblyomma sp (Carrapato estrela)

 

A doença recebe esse nome devido à presença de manchas vermelhas (máculas) que podem aparecer na pele dos pacientes infectados. Essa doença é transmitida principalmente por carrapatos do Gênero Amblyomma sp, principalmente aqueles encontrados em animais selvagens, como capivaras e cavalos. Quando uma pessoa é picada por um carrapato infectado, a bactéria Rickettsia rickettsii é transmitida para o organismo, levando ao desenvolvimento da febre maculosa.

 

Divulgação

A8D3D8B3-F976-47CE-B78E-C758373BF0CC.jpegRickettsia rickettsi

 

Os sintomas iniciais podem ser semelhantes aos de outras doenças comuns, como gripe. Os pacientes apresentam febre alta, dor de cabeça intensa, dores musculares e cansaço. Com o passar do tempo, surgem outros sintomas, como erupção cutânea (manchas vermelhas), náuseas, vômitos, dor abdominal e confusão mental. É importante ressaltar que os sintomas variam de pessoa para pessoa e nem todos os pacientes apresentam todos os sintomas.

 

A enfermidade requer tratamento médico imediato. Se houver suspeita de infecção, é fundamental procurar um médico o mais rápido possível. O diagnóstico precoce é essencial para iniciar o tratamento adequado, que geralmente consiste na administração de antibióticos específicos. Quanto mais cedo o tratamento for iniciado, maiores são as chances de recuperação completa.

 

No entanto, além do tratamento, também é fundamental adotar medidas para prevenir a doença. Uma das principais formas de prevenção é evitar o contato direto com o transmissor. Para isso, é recomendado evitar áreas infestadas por carrapatos, como matas, campos e áreas rurais. Caso seja necessário frequentar esses locais, é importante tomar algumas precauções, como usar roupas de manga longa, calças compridas e sapatos fechados. Também é recomendado aplicar repelentes de insetos na pele e nas roupas, seguindo as instruções do fabricante.

 

Ao retornar de áreas infestadas, é importante fazer uma inspeção cuidadosa no corpo, procurando por carrapatos presos à pele. Caso seja encontrado algum, ele deve ser removido corretamente, usando pinças ou um instrumento adequado para evitar que a cabeça fique presa na pele. Além disso, é importante lembrar que os carrapatos também podem ser encontrados em animais de estimação, então é fundamental protegê-los com produtos repelentes e realizar inspeções regulares.

Em resumo, a febre maculosa é uma doença grave que pode ser evitada. Para prevenir essa doença, é importante evitar o contato com carrapatos, usar roupas protetoras e repelentes de insetos, além de realizar inspeções regulares no corpo e em animais de estimação. Caso haja suspeita de infecção, é fundamental buscar atendimento médico imediato. A prevenção e o diagnóstico precoce são essenciais para evitar complicações e garantir a recuperação completa dos pacientes afetados pela febre maculosa.

Divulgação

6F7AE6CD-11E1-4F75-9DBA-B8FFE4F13F6E.png

 

 

Sobre a Faculdade Presbiteriana Mackenzie  

 

A Faculdade Presbiteriana Mackenzie é uma instituição de ensino confessional presbiteriana, filantrópica e de perfil comunitário, que se dedica às ciências divinas, humanas e de saúde. A instituição é comprometida com a formação de profissionais competentes e com a produção, disseminação e aplicação do conhecimento, inserida na sociedade para atender suas necessidades e anseios, e de acordo com princípios cristãos.

O Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM) é a entidade mantenedora e responsável pela gestão administrativa da Universidade Presbiteriana Mackenzie nos campi São Paulo, Alphaville e Campinas, das Faculdades Presbiterianas Mackenzie em três cidades do País: Brasília (DF), Curitiba (PR) e Rio de Janeiro (RJ), bem como das unidades dos Colégios Presbiterianos Mackenzie de educação básica em São Paulo, Tamboré (em Barueri - SP), Brasília (DF) e Palmas (TO). Além do Hospital Universitário Evangélico Mackenzie Paraná (Curitiba), que presta mais de 90% de seu atendimento a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e integra o campo de estágios da Faculdade Evangélica Mackenzie do Paraná (FEMPAR).




Comente esta notícia