logomarca
Cuiabá, 22 de Julho de 2024.

Saúde Segunda-feira, 18 de Março de 2024, 22:18 - A | A

Segunda-feira, 18 de Março de 2024, 22h:18 - A | A

Cuidado

Como cuidar dos olhos durante o outono

No outono, a queda da temperatura e a baixa umidade do ar podem causar desconforto ocular, além de outras condições que podem afetar a visão. Por isso, é importante manter os olhos hidratados e protegidos.

Segundo o Dr. Marcelo Brito, médico oftalmologista, algumas condições oculares podem se agravar ou surgir com mais frequência, como:

 

Conjuntivite alérgica: a queda das folhas das árvores e o aumento de poeira e poluição podem desencadear reações alérgicas nos olhos, causando vermelhidão, coceira e lacrimejamento;

 

Síndrome do olho seco: a baixa umidade do ar pode reduzir a produção de lágrimas e causar sintomas como ardência, irritação e sensação de corpo estranho nos olhos;

 

Blefarite: a mudança de temperatura pode agravar a inflamação nas pálpebras, causando coceira, vermelhidão e descamação.

 

Algumas medidas podem ajudar a prevenir essas doenças, como:

 

·        Evitar coçar os olhos, lavar as mãos com frequência e não compartilhar objetos pessoais;

 

·        Usar lágrimas artificiais para manter os olhos hidratados;

 

·        Manter a casa limpa e ventilada, evitar ambientes com fumaça e poeira;

 

·        Higienizar corretamente as pálpebras com sabonete neutro e água morna, caso haja histórico de blefarite;

 

·        Usar óculos escuros para proteger os olhos da luz solar, que ainda pode ser forte mesmo em dias nublados;

 

·        Evitar o uso excessivo de ar-condicionado, que pode ressecar os olhos, e manter a umidade do ar em locais fechados com umidificadores;

 

·        Realizar pausas regulares durante o uso prolongado de computadores e outros dispositivos eletrônicos, para descansar a visão.

 

“É importante estar atento aos sintomas, como vermelhidão persistente, dor nos olhos, visão embaçada ou turva, sensação de corpo estranho nos olhos ou lacrimejamento excessivo para procurar um oftalmologista caso eles persistam ou se agravem”, alerta o médico.

Em geral, é recomendado realizar consultas oftalmológicas regulares para manter a saúde ocular em dia e prevenir doenças.




Comente esta notícia