logomarca
Cuiabá, 19 de Julho de 2024.

Palavra de Profissional Terça-feira, 12 de Março de 2024, 12:28 - A | A

Terça-feira, 12 de Março de 2024, 12h:28 - A | A

Mitos e verdades

Especialista esclarece mitos e verdades sobre endometriose e fertilidade

Doença que afeta cerca de 10% das mulheres em idade reprodutiva, de acordo com dados do Ministério da Saúde, a endometriose é frequentemente cercada de dúvidas e informações desencontradas. Uma das principais preocupações das mulheres com a doença é a sua relação com a infertilidade. Para esclarecer os mitos e verdades sobre esse tema, a Organon convidou o Dr. Carlos Alberto Petta, professor livre docente de ginecologia pela Unicamp, para abordar questões como fertilidade, sintomas e tratamentos relacionados à endometriose. Confira. 
 

1 - A endometriose é uma causa comum de infertilidade feminina? 

Verdade. A endometriose é provavelmente a maior causa de infertilidade feminina nos dias de hoje. Embora a idade também desempenhe um papel importante, especialmente em mulheres com mais de 40 anos, a endometriose é identificada como a principal causa de infertilidade em pacientes abaixo dos 40 anos. 

 

2 - Todas as mulheres com endometriose terão dificuldades para conceber? 

Mito. Nem todas as mulheres com endometriose têm infertilidade. Estatisticamente, cerca da metade das mulheres nesta condição pode enfrentar dificuldades para engravidar. No entanto, esse dado ressalta a alta probabilidade de infertilidade associada à endometriose e a possibilidade de necessidade de intervenções como a fertilização in vitro para conceber. 


3 - A gravidade da endometriose está diretamente correlacionada com o grau de infertilidade? 

É um mito e verdade. Existem algumas classificações que não demonstram realmente se o grau está ruim, porque depende muito do envolvimento das tubas. Por exemplo, uma mulher com endometriose grau 2 pode ter uma chance de concepção menor do que alguém com estágio 3, dependendo do comprometimento tubário. No entanto, geralmente, nos casos mais graves, como o 4, a incidência de infertilidade tende a ser maior devido ao dano mais significativo nas tubas uterinas (trompas). 


4 - Tratamentos de fertilidade, como a fertilização in vitro (FIV), são eficazes para mulheres com endometriose? 

Verdade. A fertilização in vitro (FIV) é uma opção eficaz para mulheres com endometriose e infertilidade. Há duas maneiras para a mulher com infertilidade em decorrência da endometriose engravidar: cirurgia ou FIV. A decisão entre uma ou outra é determinada pela gravidade dos sintomas, se há lesões que põem essa paciente em risco e pela idade da mulher. Para a maioria delas, a FIV é a abordagem mais indicada para alcançar a gravidez desejada. 


5 - A gravidez pode aliviar os sintomas da endometriose e melhorar a fertilidade a longo prazo? 

Mito. A gravidez melhora os sintomas, diminui a dor, mas não trata a doença. Durante a gravidez, os níveis hormonais alterados, especialmente a progesterona aumentada, podem contribuir para a redução da dor associada à endometriose. No entanto, esse efeito só ocorre durante a gestação e não aumenta a fertilidade da mulher.  

No entanto, é importante entender que a gravidez não é um tratamento para a endometriose, um mito muito comum entre as mulheres. 


6 - Mulheres com endometriose devem engravidar o mais rápido possível para evitar complicações futuras? 

Mito. Não é uma recomendação geral que as mulheres com endometriose devam engravidar imediatamente, pois isso depende de vários fatores pessoais. Mas, é altamente recomendado considerar a preservação da fertilidade por meio do congelamento de óvulos o mais cedo possível. Atualmente, aconselha-se que as mulheres comecem a pensar em congelar óvulos por volta dos 30 anos. 

 

7 - A cirurgia para tratar a endometriose pode melhorar as chances de concepção natural? 

Verdade. A cirurgia pode, de fato, aumentar a chance de concepção natural em mulheres com endometriose. Em geral, para mulheres abaixo dos 36 anos, a taxa de gravidez após a cirurgia é de cerca de 40%. Mas, atualmente, muitos especialistas tendem a optar pela FIV, devido às suas taxas de sucesso mais altas, entre 55% e 60% nesta faixa etária. O problema é que ela não trata a doença. Assim, a cirurgia é recomendada para mulheres que sofrem de dor intensa ou correm um risco maior de complicações por causa da doença. 


8 - A endometriose é uma condição que afeta apenas mulheres mais velhas, diminuindo assim o risco de infertilidade em mulheres mais jovens? 

Mito. A ideia de que a endometriose é uma condição que surge apenas em mulheres mais velhas não é verdadeira. Os sintomas muitas vezes se manifestam na adolescência, e é comum que meninas que experimentem dor menstrual intensa recorram a contraceptivos hormonais para aliviar o desconforto. O uso de contraceptivos pode mascarar temporariamente os sintomas, enquanto a doença continua a progredir silenciosamente.  

 

Sobre Organon 

A Organon é uma empresa global de saúde com foco no desenvolvimento de medicamentos para mulheres. Seu propósito é contribuir para que as mulheres tenham mais saúde e bem-estar em todas as fases da vida. A companhia possui um portfólio de mais de 60 medicações em diversas áreas terapêuticas, como saúde reprodutiva, contracepção, doenças cardíacas e câncer de mama. Entre esses produtos, constam também biossimilares e medicamentos estabelecidos no mercado. Oriunda da farmacêutica MSD, a Organon tem atuação autônoma e cerca de 9 mil trabalhadores espalhados pelo planeta. 

Para obter mais informações, visite www.organon.com/brazil e conecte-se conosco no LinkedIn. 




Comente esta notícia