logomarca
Cuiabá, 15 de Julho de 2024.

Gastronomia Quinta-feira, 13 de Junho de 2024, 09:46 - A | A

Quinta-feira, 13 de Junho de 2024, 09h:46 - A | A

cardápio perfeito

Bebidas de casamento: como planejar o cardápio perfeito

Confira dicas valiosas sobre como definir o cardápio de bebidas para casamentos Spot 105, espaço de eventos e gastronomias em meio a natureza

Divulgação

R-755 (1).jpg

 

O momento de planejar um casamento é uma tarefa trabalhosa, especialmente quando se trata de escolher o cardápio das bebidas para o grande dia. Afonso Braga Neto, empresário de eventos e proprietário do Spot 105, espaço conceito de festas na cidade de Curitiba (PR), separou algumas dicas valiosas para ajudar os noivos na hora de definir esse detalhe fundamental para um bom casamento.
 
“Analise o seu público, os seus convidados”, orienta Afonso. “Se você sabe que a maioria dos seus convidados prefere destilados, certifique-se de ter uma boa seleção disponível”, complementa. Ele relembra os noivos de considerarem, também, a estação do ano. “Cada temporada do ano pode influenciar na escolha das bebidas. Por exemplo, drinks mais refrescantes para o verão e opções mais encorpadas para o inverno”, sugere o empresário.
 
Afonso destaca a importância da variedade na carta de bebidas. “Disponha de uma diversidade de opções, inclua coquetéis, vinhos, cervejas e bebidas não alcoólicas. Isso garante que todos os paladares e interesses sejam contemplados”. Para Thiago de Oliveira, proprietário do The Bartenders, que oferece projetos de bares exclusivos e customizados, os noivos devem ficar sempre atentos à quantidade e variedade de bebidas que serão servidas.
 
“Devemos projetar para a festa uma quantidade de bebidas suficiente para que nenhuma das opções oferecidas venha a acabar no decorrer da festa”, aconselha. Além disso, ele reforça que os noivos não devem esquecer dos convidados que não bebem álcool. “Bebidas não alcoólicas como água saborizadas, sucos naturais e refrigerantes garantem que todos os presentes sejam bem atendidos”, complementa o profissional que atua há dez anos no mercado e tem no portfólio mais de 700 casamentos realizados por todo o Brasil.
 
Para completar, o especialista do The Bartenders indica que pode ser levada em consideração uma possível harmonização com o menu de alimentação do evento. “Coquetelaria é gastronomia! Se possível, tente harmonizar algumas das bebidas e criações que serão construídas para o bar com o menu do casamento. Isso torna a experiência do convidado ainda mais marcante, gerando boas memórias afetivas”, completa Oliveira. “Quando possível, crie essa harmonização e tenha um storytelling perfeito com as experiências de coquetelaria e gastronomia efetivamente conectadas. Antes de fechar a carta de bebidas, tenha em mãos o cardápio completo da festa”, finaliza Afonso Braga Neto."




Comente esta notícia