logomarca
Cuiabá, 18 de Julho de 2024.

A | A

MAUS BOCADOS

Deolane Bezerra revela perrengue em viagem para os Estados Unidos: “Eu quase fui presa”

reprodução: Internet

1_deolane_bezerra_1024x773-27821311.jpg

 

Deolane Bezerra é advogada e ganhou muita visibilidade enquanto estava confinada em ‘A Fazenda 14‘. No entanto, a famosa acabou dando o que falar quando, nos stories, compartilhou com os seguidores um baita de uma perrengue que viveu em uma viagem nos Estados Unidos. Isso porque, a advogada quase foi presa!

Segundo Deolane, o motivo para tudo acontecer foi o fato de que ela estava andando com bebidas alcoólicas pelas ruas da cidade fora do horário permitido por lei: “Quase fui presa. Aqui, nos Estados Unidos, tudo acaba às 2 horas. Dá pra pagar pro DJ tocar mais? Não dá. Tava começando a ficar legal”, disse ela, que seguiu contando a história: “Estávamos eu e o Gil [seu amigo] com os copos na mãos. Aqui nos Estados Unidos não pode beber na rua. Se beber, vai preso, vai para a corte”, relatou a famosa.

Deolane é processada por condômino; Entenda o que aconteceu

Deolane Bezerra vem sendo alvo de um processo movido por um condomínio devido ao desabamento de um muro em sua propriedade causado por um deslizamento de terra. A Associação Fazenda Tamboré Residencial solicitou, por meio de ação com “pedido de tutela de urgência”, que a advogada remova a terra e reconstrua o muro danificado, vital para o sistema de câmeras de segurança do condomínio, visando garantir a segurança dos moradores.

Este incidente não é inédito, pois já houve anteriormente um desabamento no muro da propriedade de Deolane. No entanto, após um novo deslizamento, o problema persiste, impactando também outro muro perimetral de segurança do loteamento. Apesar do contato para autorização da realização do serviço, a advogada não teria apresentado um cronograma de obras.

A situação levou à proibição de continuação das obras devido à falta de medidas de segurança, sujeitando Deolane a uma multa de R$ 257.091,16 em danos materiais. Caso persista, a ex-A Fazenda enfrentará uma penalidade diária de R$ 1 mil, com limite de R$ 30 mil, e está impedida de continuar devido às considerações de irresponsabilidade e risco. A advogada Adélia Soares busca recursos para reverter a liminar.

Fonte: Folha do Estado 

 




Comente esta notícia