logomarca
Cuiabá, 14 de Julho de 2024.

A | A

Preconceituosa

Ana Paula Valadão é condenada ao associar homossexuais ao HIV

Divulgação

IMG_0814 (1).jpeg

 

 

A cantora gospel Ana Paula Valadão foi condenada a pagar indenização de R$ 25 mil por danos morais em discurso feito em 2016, ao associar pessoas LGBTQIAP+ como transmissoras do vírus do HIV. 

"Condeno as requeridas a: cessarem a disponibilização e reprodução da fala lesiva e pagarem compensação no valor de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais). Juros a contar da data do fato e correção a contar do arbitramento. A compensação deverá ser depositada a bem de fundo apontado pelo MPDFT, cuja atuação seja voltada à defesa dos interesses da população LGBTI+", diz trecho da decisão divulgada nesta sexta-feira, 26.

“Isso [a homossexualidade] não é normal. Deus criou o homem e a mulher e é assim que nós cremos”, disse a cantora durante congresso cristão em 2016, transmitido pela Rede Super.

“Ta aí a Aids para mostrar que a união sexual entre dois homens causa uma enfermidade que leva à morte, contamina as mulheres, enfim… Não é o ideal de Deus [...] “Sabe qual é o sexo seguro? Que não transmite doença nenhuma? O sexo seguro se chama: aliança do casamento”, finalizou.




Comente esta notícia