Cuiabá - MT, 27-05-2022 às 12:27

Em 2121 será aberta a cápsula do tempo da AML

Prever o que pode acontecer na proxima década é difícil, imagine então 100 anos.

Sueli Batista, presidente da AML com jornal com notícias do dia 1º de dezembro | Creditos: Kelli Lelis

 A noite do dia 1º de dezembro foi especialmente marcante para a Academia Mato-Grossense de Letras, que lançou no espaço da memória, a partir dos seus 100 anos de fundação a sua cápsula do tempo. Ela será aberta somente em 2121.


Foi  no muro do patio da Casa Barão sede da instituição e do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso que a cápsula de aço inoxidável foi fechada. No recipiente de 1.20 metros foram colocados: livros, jornal com a data fo dia, cartas ao futuro, fotografias, e equipamentos da atualidade, exemplo medidor de energia.  

Todo o material foi embalado a vácuo. A cápsula foi construída pela MKF Metalúrgica para durar até mais de  100 anos. 



Na oportunidade a Academia realizou ma cerimônia ecumênica, realizada intencionando s paz, prosperidade e vida saudável. Católicos, evangélicos, espíritas e muçulmanos, em união para um  futuro  melhor.

O advogado José de Freitas, 93 anos colocou dua carta de mais de 80 páginas e publicações da Academia, na qual ele é ocupante de uma das cadeiras, o segundo na linha de antiguidade.A cápsula fo tempo faz parte do Projeto Centenário da AML , que foi amplamente divulgado pela mídia e que conta com uma série de parceiros. Ainda neste mês terão também novo evento de homenagens e a Cantata de Natal.  

 

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.