Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 24-09-2021 às 18:18

Apresentador gay Benjamin Cano fala sobre a mudança em sua vida após a paternidade

O empresário e o marido adotaram um menino que foi abandonado no hospital

Vinícius foi abandonado pela mãe biológica no hospital e encontrou nos dois pais muito afeto | Creditos: Foto Sérgio Baia

Na França, onde Benjamin Cano nasceu e está passando as férias, o Dia dos Pais é celebrado em junho, mas o apresentador e empresário não vai comemorar nesta data. O dia de celebração será neste próximo domingo (8), quando oficialmente é feriado no Brasil. 

É aqui que Benjamin mora com o marido Louis Planès e o filho Vinícius Cano Planes, de 4 anos, desde 2011.

"Vamos comemorar sim. Será muito especial, porque minha pequena irmã vai casar no Dia dos Pais. Então, vamos celebrar a data junto com a festa do casamento", disse o apresentador, que conta como sua vida mudou depois da paternidade. 

"Minha vida mudou totalmente, totalmente mesmo. De uma vida de empresário virou uma vida de uma rotina que começa todos os dias às cinco e meia da manhã, quando ele acorda”, brinca. “Mas digo que prefiro mil vezes minha nova vida de papai." 

O empresário destaca a transformação de sentimentos que o pequeno Vinícius trouxe consigo ao fazer parte da família. 

“Não sabia que um ser humano poderia ter tanto amor. Sei que pode parecer óbvio ou fácil falar, mas meu amor pelo Vinícius, além de ser incondicional, parece ser infinito. Ele está super carinhoso, toda hora fala: ‘pai, te amo’. Como não ser apaixonado e amoroso por esse serzinho? Estou muito emocionado só de explicar”, se derrete o papai. 

“Ele é meu tudo, minha vida, meu grude, meu sangue, vai muito além do gene. Acredito que o Vinícius parece muito comigo e o Louis. Ele é sensitivo. A empatia dele, a bondade, a gentileza dele, o coração e tudo que estamos passando para ele nesses quatro anos de idade, ele consegue repassar para os outros. Isso vale todo o ouro do mundo. Deixei longe de mim o lado material, o parecer, a minha arrogância para ser apenas eu, simples, com valores de respeito, tolerância e amor. Aprendi a ser menos extravagante e respeitar mais depois de me tornar pai", resume Benjamin.

Ele está há duas semanas na França e confessa que agora não se sente tão pertencente ao país onde nasceu. 

"De um lado, temos a felicidade de encontrar nossas famílias: já vimos meus pais e os pais do meu marido, tivemos o coração cheio de passar o último final de semana com Hugues, o irmão do Vinícius. Neste final de semana, minha irmã vai casar. E de um outro lado, estou vendo que a França anda de uma forma estranha com passaporte sanitário, manifestações em todos os cantos, um país no qual não me senti mais em adequação", relata. 

Vinícius foi abandonado pela mãe biológica no hospital

Juntos há mais de 20 anos, Benjamin Cano e Louis Planès são franceses de Toulouse e decidiram se mudar para o Brasil há quase 10 anos para iniciar um novo empreendimento. Administraram um hotel-boutique em Ipanema por sete anos e hoje, além de casados, são sócios no ramo imobiliário. 

Em meio ao trabalho, decidiram adotar uma criança e entraram com a habilitação na Vara da Infância e da Juventude do Rio de Janeiro. Durante um ano, participaram de encontros com psicólogos e assistentes sociais para obter um estudo da condição familiar. 

Depois de aprovados, aguardaram dois anos com imensa expectativa, acompanhando de perto o processo junto à Vara da Infância e da Juventude para saber se havia uma criança disponível para o casal. 

Até que em um dia receberam a aguardada ligação de uma juíza carioca, informando que uma colega, também juíza, de Ilhéus, Bahia, estava com um caso de um recém-nascido prematuro de cinco meses sem pretendentes. 

O pequeno Vinícius havia nascido na rua com apenas 900 gramas. Foi reanimado na ambulância do SAMU e abandonado no hospital. A mãe biológica não chegou a ficar nem três horas com o bebê.

Imediatamente o casal se interessou e foram até a Bahia. Ali começou a conexão do casal com Vinicius. O bebê, já com dois meses e meio de vida, teve alta da UTI um dia após a ligação da juíza e os novos pais foram buscá-lo na maternidade. Era dia 11 de maio de 2017. Naquela época, a nova família teve de permanecer na Bahia por três semanas, pois Vinicius estava tão magro que a pediatra não autorizou a viagem de avião para o Rio.

Benjamin apresentou o reality show francês "Les Angels". A sétima temporada foi gravada no Brasil e também contou com a participação da socialite Narcisa Tamborideguy.

 

 

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.