Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 31-07-2021 às 18:12

BPW Cuiabá tem novo comando

A Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais - BPW Cuiabá está com nova gestão. A presidente, Andréa Barbosa foi empossada por Zilda Zompero que ficolu cerca de 4 anos a frente da organização

Nova diretoria da BPW Cuiabá | Creditos: Arthur Passos

Foi muito concorrida o evento que marcou o final da gestão de Zilda Zompero e a posse de Andréa Barbosa na presidência da Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais. O tema "Juntas Brilhamos Mais" da gestão anterior  deu lugar para  "Unidas Transformamos o Mundo". 

O evento, que ocorreu na noite de 29 de junho, no Espaço Riserva do Buffet Leila Malouf,  contou com a presença da vereadora de Cuiabá, MichelleAlencar e da Secretaria Municipal  de Cultura, Carlina Jacob. Elas compuseram o dispositivo de honra juntamente com a presidente Zilda Zompero e a fundadora, e conselheira superior da BPW Cuiabá e da BPW Brasil, Sueli Batista. A 

A nova diretoria é composta por Andréa Barbosa (Presidehte) Margareth Nunes (1ª Vice-Presudente); Rubia Ranzani ( (2ª Vice-Presudente) Janeiva Rondon (1ª Secretária), Losinete Lopes (2ª Secretaria), Wivianny Barbosa (1ª Tesoureira), Thaís Alves  (2ª Tesoureira)  Marilza Moreira (1ªJurídica), Erika Soller  Miriã  ( 2ª Juríduca), Azambuja (Eventos), Juliana Tanaka(Comunicação), Zilda Zompero (Past President). Foi convidada para integrar na mentoria a fundadora Sueli Batista.

Zilda Zompero foi homenageada como Gestora Destaque. Andréa Barbosa recebeu homenagem especial com flores entregues de forma diferenciada pelas diretoras é Sueli Batista com um totem de sua imagem em tamanho original e palavras positivas com cada letra do seu nome. 

Publicamos integra dos discursos de Zilda Zompero é Andréa Barbosa.

Integra do discurso de Zilda Zompero 

Li certa vez um texto da estadista africana Ellen Johnson, prêmio

Nobel da paz, em que ela falava de sonhos.  Dentro da sua visão, que certamente contribuiu muito para ela ir além, em seu empoderamento, tornando-se a primeira mulher presidente da Libéria, pais da África Ocidental, os sonhos de uma pessoa devem sempre exceder a sua capacidade de alcançá-los. “Se os seus sonhos não te assustam, eles não são grandes o suficiente”, disse ela.  E o que vivi no período em que estive a frente da BPW Cuiabá me fez acreditar verdadeiramente nisso.

Hoje estou eu para falar que um dia eu sonhei em presidir a BPW Cuiabá, mas  com uma visão diferenciada, ousando ir além, não colocando limites entre a vontade de fazer e realizar efetivamente. Eu defendo que quando verdadeiramente se tem um propósito, se pode ter sonhos gigantes porque sua concretude virá, mesmo que não seja a curto prazo.

Andréa Barbosa, você hoje será  empossada na presidência da BPW Cuiabá, sei que teve muita vontade em ocupar o alto posto da nossa organização,  e lhe demos todo apoio, e sei que você também tem grandes sonhos de realizar ações incríveis para o empoderamento e o empreendedorismo feminino. 

Eu desejo pra você, para a sua diretoria executiva, e membros do conselho diretor e coordenações muito êxito. Você  formou a sua equipe com a força jovem da nossa organização, mas também com mulheres que na maturidade ainda tem muito com o que contribuir. 

Eu estarei como past president e coordenadora de responsabilidade social, fazendo parte e continuando a sonhar junto. Dividirei ainda estas tarefas com o cargo, que recentemente assumi, na coordenação de um dos comitês de trabalho da BPW Brasil. 

Sempre são grandes os desafios de uma gestão, e  você  com

um grupo muito dinâmico e cheio de garra certamente terá muito a a fazer pela expansão da nossa organização. Sem deixar de lado o que foi executado, mas principalmente deixando também sua marca.

Não é segredo que quando eu assumi a presidência da BPW Cuiabá,  para um mandato  tampão, sendo que a presidente na época não concluiu sua gestão, e estava colocando em risco a vida da organização, eu me vi diante de um grande desafio, mas não maior que o meu sonho de realizar uma mudança, então passei a acreditar que seria possível promover uma revolução necessárias sensível,  e isso me fez perguntar a mim mesma, até que ponto eu poderia atender ao chamado das líderes que pavimentaram a sua fundação. 

Eu tive, entretanto a certeza de que poderia contar na caminhada com apoio integral de suas fundadoras, a primeira presidente Sueli Batista, com suas estratégias criativas e inteligentes, expert em projetos  e Mariza Bazo que também presidiu a organização e poderia compartilhar de sua experiência administrativa, e sua forma inteligente e  ponderada de agir em momentos de crise. Com estas duas mulheres ao meu lado e a formação de uma diretoria coesa, com o que eu desejava, eu tive a certeza de que poderia ir muito além dos sonhos. 

Dirijo-me com muito carinho para a minha  diretoria, o que dizer de um grupo de mulheres fortes, determinadas que sempre deram suas parcelas contributivas para levarmos adiante nosso lema de que “juntas brilhamos mais” que foi acrescido pela força que imprimimos de que também iluminaríamos  caminhos. 

Nunca eu poderia imaginar que o que eu sonhei a frente da BPW ficasse tão pequeno diante de tudo que pude realizar. Só que tem um importante aditivo no processo da minha caminhada, o fato de que eu nunca segui só e reconheço a importância de cada pessoa que junto comigo colocaram seus tijolinhos na linda edificação. Conselheiras superiores, diretoras, membros do conselho diretor, coordenadoras, e enfim todas associadas, que mesmo sem cargos foram importantes para a  da nossa BPW não só continuar a existir, mas também a prosperar em sua missão.

Então eu posso dizer com convicção que  a BPW Cuiabá hoje está muito diferente de quando assumi o mandato tampão em outubro de 2017. 

Finanças saudáveis, expansão no número de associadas;  sistema de comunicação ampliado com redes sociais ativas, YouTube, vitrine de negócios e aplicativo, reconhecimentos públicos, pequenos projetos e um macro projeto, já em andamento, o Chita & Fuxico para mulheres em vulnerabilidade social por renda,  vítimas de violência doméstica e mães com crianças portadoras de necessidades especiais. Uma iniciativa que envolve todas nós e a sociedade organizada que busca soluções para a autonomia social e econômica feminina.

Isso foi mais que um sonho gigante, foi realização e me orgulho da trajetória percorrida, na qual dei o meu melhor.

O nosso mundo vai continuar a girar, e que a transformação que se propõe continue a indicar os melhores caminhos, para que possamos cumprir com uma jornada que nunca será só  nossa,mas do coletivo, de quem junto sonha, aspira e acredita em dias melhores para as mulheres,  que um dia ficaram no rodapé da história, sem expressão, mas que após tantas lutas, como as nossas,  escreveram e ainda escrevem cada capítulo para a equidade, para que o mundo em transformação seja justo, igualitário e melhor de se viver e sonhar. 

Me orgulho de ter sido também uma  condutora dos legados deixados pelo que sonharam Lena Madesin Phillips, fundadora da BPW Internacional, por Maria Paula Caetano, fundadora da BPW Brasil, e de Sueli Batista, fundadora da BPW Cuiabá, sem que com isso deixasse de contribuir no meu tempo, deixando o meu próprio legado,  para inspirar esta e as próximas gerações. 

Agora a condução da BPW Cuiabá, está com você, Andréa Barbosa, que você seja muito respeitada. Chegou a hora de iniciar sua jornada, e de também começar a deixar um legado com sua marca. 

Continuarei a acreditar verdadeiramente que somos mais, quando deixamos parte do que somos para uma causa bem maior que nós mesmas.

Que Deus continue a pavimentar de luz o mundo que desejamos transformar com a nossa união.

Gratidão!

 

-----------

 

Integra do discurso de Andréa Barbosa 

 

Discurso de posse 

 

Expresso minhas primeiras palavras como presidente da BPW Cuiabá destacando a esplêndida gestão de Zilda Zompero, a quem orgulhosamente sucedo.  

 

Ressalto que esta líder soube muito bem fazer valer o tema “juntas brilhamos mais”, não só com sua luz, mas também com a sua maestria e elegância. 

Sei que teremos muito trabalho, mas tenho total confiança que com o apoio da atual diretoria, conselheiras, coordenadoras e demais associadas,  iremos superar os obstáculos, caso sejam transpostos  e fazer nosso trabalho com o que muito desejo: tranquilidade e harmonia.

 

Iniciei este mês com grande expectativa, acabava de ser eleita para me tornar presidente da BPW Cuiabá, com isso a protagonista, por um período da história, de uma organização que tanto amo, estava radiante, porém, vivi inesperadamente um momento de grande tristeza e não posso prosseguir com a minha fala, sem antes prestar  uma singela homenagem para a minha irmã: a jornalista Alessandra Barbosa, que se foi no dia 11 de junho, para os braços do Nosso Senhor Deus! E o faço não porque quero deixar de silenciar a dor do meu coração, mas porque ela também faz parte da minha história, na BPW Cuiabá, iniciada há 10 anos. Foi Alessandra  que despertou-me o interesse de me associar à rede de Mulheres de Negocios e Profissionais e me levou a inauguração da loja de uma associada, onde tive a oportunidade de conhecer a minha madrinha na nossa organização,  a fundadora Sueli Batista, que falou-me dos objetivos da BPW com a sua peculiar motivação e eu simplesmente me apaixonei e na mesma semana me associei. Falo, portanto, com a emoção do meu coração, gratidão minha irmã!

 

A minha história na BPW Cuiabá, iniciada  como associada,  ligada à comissão de negócios,  me conduziu a vice presidência, responsável pela interlocução com as associadas. 

 

O meu caminhar e desejo trouxe-me para a presidência, e neste ano comecei a engatinhar também na BPW Brasil, sendo convidada a integrar, como membro,  o Comitê de Agronegócios e tenho a proposta de reativar a comissão ligada ao setor, em nível local.

 

Sem aprendizado, inspiração, motivação, dedicação e vontade de seguir adiante com um firme propósito eu não estaria aqui nesta noite. Também não estaria se eu não tivesse, além da minha própria história, ao meu lado mulheres comprometidas com uma causa que está além do nosso desejo individual.

 

Aprendi ao longo de uma década que estou na BPW Cuiabá, que sem esforços, serenidade, respeito ke seriedade,  muito pouco se avança e sei que estaremos seguindo adiante, respeitando aquelas que nos sucederam e construindo a nossa própria história também, porque a lição que já ficou forte pra mim  é que cada uma de nós tem  a própria  bagagem e a forma peculiar de caminhar, ainda que por trajetos  abertos por outras líderes. 

 

Já não falo mais somente por mim, no espaço de empoderamento ao qual fui conduzida pelo voto de confiança de cada associada. 

Sim, nós colocaremos aqui também os nossos tijolos na linda edificação iniciada em 2001, principalmente pelas ex-presidentes que se mantém até os nossos dias contribuindo, com alto grau de pertencimento, dando muito de si: a fundadora Sueli Batista, e as suas sucessoras Mariza Bazo e Zilda Zompero, lideranças que temos a honra de receber importantes ensinamentos e sermos suas seguidoras na honrada trajetória.

 

Daremos, portanto, o nosso melhor e isso a partir de agora é compromisso compartilhado entre nós, que  juntas assumimos a gestão “Unidas Transformamos o Mundo”, e assim o faremos acreditando no potencial da nossa organização e agindo voluntariamente em torno das causas que influenciam numa visão melhor em relação ao que seja politicamente correto, adotando sempre as boas práticas, sejam as  já aplicadas por aquelas que nos antecederam e pelo que devemos implementar deixando também nossas marcas. 

 

Será muito importante na busca da transformação o exercício  da sororidade, no seu real e amplo sentido. Sabemos que só transformaremos o mundo 

sendo  solidárias, compartilhando  ideias exitosas, educando pelo exemplo, capacitando com as nossas expertises, defendendo os nossos direitos, respeitando os que pensam diferente de nós e ainda as próprias diferenças humanas. 

 

Os nossos corações estão carregados  de emoção e  seguiremos com nossas estratégias e esperanças sempre adiante, sem retroceder, com a missão a nós confiada. 

 

Gratidão!

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.