Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 22-10-2021 às 19:35

Ikuiapá: na boca do Pari será lançado pela Entrelinhas

Lenda do minhocão do Pari é contada em Ikuiapá

Autores e ilustrador da obra : ao centro Anna Maria Ribeiro Costa, tendo ao lado Rosemar Eurico Coenga e João Batista Conrado | Creditos:

No próximo dia 29 de junho, terça-feira, um livro juvenil publicado pela Entrelinhas Editora chegará com muitas histórias de encantamentos – Ikuiapá na boca do Pari. Os autores Anna Maria Ribeiro Costa e Rosemar Eurico Coenga e o ilustrador João Batista Conrado se juntaram para contar histórias do atormentado Minnhocão do Pari ao constatar que o rio Cuiabá está correndo risco de vida por conta da poluição de suas históricas e lendárias águas. Ao folhear as páginas do livro, na companhia do Minhocão, o leitor embarca em uma viagem fluvial partindo da boca do Pari, morada da enorme serpente, que percorre o rio Cuiabá até lançar suas águas no Paraguai. No percurso, muitos transtornos enfrentará Minhocão que precisará da ajuda do menino Branco, dos seres encantados e da misteriosa Serpente Emplumada.

Serviço:

Lançamento do livro: IKUIAPÁ: NA BOCA DO PARI

Autores: Anna Maria Ribeiro Costa e Rosemar Eurico Coenga

Ilustrador: João Batista Conrado

Data e horário: 29 de junho, a partir das 18 horas

Local do lançamento: Sesc Arsenal (nos jardins, ao ar livre, em observação aos protocolos de segurança de enfrentamento à Covid-19, mantendo o distanciamento, uso de máscara e álcool 70º.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.