Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 07-03-2021 às 17:32

Korokke o croquete japonês

Deliciosa receita versátil, com upgrade do alho negro!

É uma receita muito versátil a qual é possível fazer mil variações. No lugar da carne bovina moída, a carne de soja | Creditos: Divulgação

O korokke é o croquete japonês, basicamente um bolinho com massa de batata e carne moída empanada e frita. Essa delícia faz parte das refeições dos japoneses, é um comfort food presente na infância de muitos por ser uma receita simples e afetuosa. Seu diferencial fica por conta do molho tonkotsu, a massa de batata levinha que desmancha na boca e da farinha panko, responsável por deixá-lo crocante e sequinho.

É uma receita muito versátil a qual é possível fazer mil variações. No lugar da carne bovina moída, a carne de soja (proteína texturizada de soja), os cogumelos shiitake ou shimeji são opções deliciosas. 

Incluímos o alho negro como ingrediente especial para essa receita, pois seu sabor adocicado e frutado, remetendo ao melaço e ao tamarindo, com um toque de defumado e cheio de umami (o quinto sabor), traz um diferencial muito delicioso para esse prato! Experimente na sua casa!

Receita de korokke – 8 unidades

Ingredientes

3 batatas asterix grandes;

100 gramas de carne moída;

1 colher de sopa de óleo;

½ cebola grande;

1 colher de sopa de Pasta de Alho Negro do Sítio;

Sal a gosto;

Pimenta do reino a gosto;

Para empanar:

Farinha panko;

Farinha de trigo;

1 ovo;

Modo de preparo

Descasque e corte as batatas em pedaços médios. Pique a cebola e reserve. Coloque as batatas na água filtrada com uma pitada de sal e deixe ferver até que amoleçam de maneira uniforme.

Descarte a água do cozimento, amasse as batatas e reserve. Em uma frigideira aqueça o óleo, acrescente a carne moída e refogue até que a carne mude de cor, tempere com sal, a pimenta do reino e a Pasta de Alho Negro do Sítio.

Adicione a cebola picada, cozinhe mais um pouco e desligue o fogo. Coloque o refogado na batata amassada e mexa bem. Experimente e acerte o sal e a pimenta.

Coloque a mistura em uma forma retangular pequena e espalhe formando uma camada lisa. Com ajuda de uma espátula divida a massa em oito pedaços e molde com as mãos em pequenas bolinhas levemente achatadas.

Para empanar, passe uma camada fina de farinha de trigo, passe no ovo batido e finalize na farinha panko. Deixe descansar por cerca de 5 minutos. Aqueça o óleo e frite o korokke. Sirva junto com uma saladinha e gohan. 

Bom apetite! 

O que é Alho Negro?

O alho negro é obtido a partir do alho comum em um processo de fermentação sob condições de temperatura e umidade controladas por um determinado período de tempo. Vale ressaltar que neste processo não são adicionados nenhum tipo de aditivo químico.

É durante esse processo que naturalmente ocorrem as mudanças na cor e nos princípios ativos do alho.

Seu sabor é surpreendentemente adocicado. Rico em umami, é intenso mas agradável ao paladar. Além disso, o alho negro é um ingrediente muito versátil, que cada vez mais vem conquistando espaço no mundo da gastronomia, sendo utilizado em pães, molhos para hambúrgueres, para finalizar pizzas e grelhados, em risotos e em preparações mais elaboradas.

Compre online pelo site: https://alhonegrodositio.com.br/

Conheça a Alho Negro do Sítio

A Alho Negro do Sítio é uma empresa especializada na produção de alho negro e produtos com a iguaria. A dedicação, desde a escolha das sementes, preparo do solo, plantio, colheita até, enfim, a produção do alho negro é o que torna o alho negro da Alho Negro do Sítio tão especial.

No catálogo da empresa é possível encontrar uma grande variedades de produtos com o alho negro, como a geleias, pesto, chimichurri, sal, pimenta, mostarda, ghee, azeite e até barrinhas de alho negro! Não deixe de experimentar!

Aproveite e ganhe 5% de desconto na sua primeira compra no site (www.alhonegrodositio.com.br) com o cupom BEMVINDOS.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.