Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 07-03-2021 às 16:55

Exposição de fotos traz 21 imagens de animais sobreviventes às queimadas do Pantanal

O Grupo É o Bicho avança com suas ações. Realiza de 26 de janeiro a 7 de fevereiro a exposição fotográfica de Deny Kobayashi, “Da Fome Cinzenta à Esperança Pantaneira”, no Goiabeiras Shopping

Deny Kobayashi, voluntário do grupo É O Bicho MT fez os registros da mostra | Creditos: Divulgação

Tuiuiús, capivaras, macacos com seus filhotes, veados campeiros, onças pintadas. São algumas das cerca de 4.700 espécies que vivem na maior planície alagável do mundo. São também sobreviventes dos incêndios florestais que devastaram 28% do Pantanal em 2020 e que agora lutam para sobreviver ao período chamado de fome cinzenta. 
Entre os dias 26 de janeiro a 07 de fevereiro, os cuiabanos poderão conferir fotos desses e de outros animais da fauna pantaneira, durante a exposição gratuita “Da Fome Cinzenta à Esperança Pantaneira”, que será realizada no Goiabeiras Shopping. São 21 fotos, feitas pelo talentoso fotógrafo Deny Kobayashi, voluntário do grupo É O Bicho MT e foram feitas durante o trabalho de distribuição dos alimentos, realizado aos sábados. A exposição é realizada pelo grupo É O Bicho MT e tem o apoio do Goiabeiras Shopping, Clínica Veterinária São Francisco e GTX Sports. 

O Grupo É o Bicho MT vem atuando no Pantanal mato-grossense desde 2 de setembro, minimizando a escassez de alimentos no período da fome cinzenta. Nesses quase quatro meses já distribuiu mais de 250 toneladas de alimentos como frutas, legumes e ovos aos animais. 

Segundo a voluntária e co-fundadora do Grupo É o Bicho MT, Jenifer Larrea, a ação de distribuição dos alimentos seguem até 30 de janeiro e após essa data, os voluntários continuarão a fazer o acompanhamento da regeneração da fauna e ações de educação ambiental como forma de prevenção. “Com essa ação atingimos o objetivo que era de socorrer a fauna sobrevivente e minimizar os impactos causados pelas queimadas. A exposição marca de forma grandiosa o encerramento dessa etapa tão desafiadora”.   

Para a gerente de Marketing do Goiabeiras, Aline Ferraz, a mostra registra a esperança do trabalho voluntário em ver o Pantanal, um dos biomas mais importantes do mundo, se recuperando neste momento pós-queimadas e renascendo.

“O espaço que dedicamos é muito pouco se pensarmos no quanto o trabalho voluntário desse e de outros grupos foram essenciais na ajuda à fauna pantaneira, em um dos piores períodos de seca já presenciada. Durante as queimadas fizemos campanhas para ajudar o Pantanal e vamos continuar apoiando sempre. Somos muito gratos aos voluntários”, enfatiza a gerente.

*Sobre o É o Bicho MT*
O Grupo É O Bicho MT é formado por protetores, voluntários, defensores e simpatizantes da causa animal de Cuiabá e região, que desde 2015 busca amparar, na medida do possível, os animais de rua e que vivem em situações rotineiras de maus tratos, apoiando as organizações e protetoras independentes de Cuiabá.

Diante da entristecedora situação do Pantanal, o grupo iniciou uma ação voltada para o auxílio da sobrevivência dos animais no Pantanal criando, assim, a campanha de arrecadação de alimentos para socorrer a fauna sobrevivente da região de Poconé.  

Além de continuar na vertente da proteção animal de animais domésticos em situação de rua e vítimas de maus tratos e abandono, com a realização de uma campanha de castração e feira de adoção. 

 

Todas as fotos poderão ser adquiridas pelo público, com preços que vão de R$ 230 (foto média (40x60) a R$ 400 (foto grande – 60x90). Também estarão à venda camisetas (R$ 50), máscaras (R$ 10) e agendas. Todo o valor será revertido para o trabalho do Grupo É o Bicho MT. 

A exposição é realizada pelo grupo É O Bicho MT e tem o apoio do Goiabeiras Shopping, Clínica Veterinária São Francisco e GTX Sports. 

*Serviço:*
Exposição fotográfica “Da Fome Cinzenta à Esperança Pantaneira”
Quando: de 26/01 a 07/02 – das 12h às 22h
Local: Goiabeiras Shopping (piso térreo, em frente a loja da Havaianas)
Entrada gratuita

A Abertura oficial será às 19 horas.

 

Nota da redação 

O movimento tem recebido apoio de muitas madrinhas. Vanderléia Trindade está entre elas, representando a coordenação da Comissão  do Meio Ambiente da Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais- BPW Cuiabá, ela está ajudando com alimentos e outros produtos, desde quando ocorreu as queimadas, e a mobilizção É o Bicho foi deflagrada. Outras diretoras da ONG Feminina também se engajaram Zilda Castanho (segunda secretária) e Neide Alves (Comunicação). 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.