Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 07-03-2021 às 16:15

I Concurso literário de contos da IFRO e Unemat fomenta a representatividade negra e indígena

A importância do projeto se configura, especialmente, pelo desenvolvimento da autoestima das autoras envolvidas e na possibilidade de valorização da intelectualidade das mulheres negras e indígenas de Rondônia e Mato Grosso.

A importância do projeto se configura, especialmente, pelo desenvolvimento da autoestima das autoras envolvidas e na possibilidade de valorização da intelectualidade das mulheres negras e indígenas de Rondônia e Mato Grosso. | Creditos: Pixabay montagem

O Instituto Federal de Rondônia (IFRO) e a Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT) promovem o I Concurso Literário de contos - IFRO/UNEMAT, que visa fomentar a representatividade negra e indígena na literatura, a fim de que a comunidade constitua uma visão de mundo mais ampla a respeito do local onde seus membros estão inseridos. As inscrições são totalmente  gratuitas e podem ser feitas somente pelo sistema on-line até o dia 15 de fevereiro através de formulário disponível no link: http://https://forms.gle/RT4k8UHvsZzeP59z5

A importância do projeto se configura, especialmente, pelo desenvolvimento da autoestima das autoras envolvidas e na possibilidade de valorização da intelectualidade das mulheres negras e indígenas de Rondônia e Mato Grosso. Em primeiro lugar, a publicação dos textos literários produzidos por essas mulheres e a divulgação de suas histórias nas mídias oficiais das instituições envolvidas permitirá que a comunidade reconstrua o seu imaginário sobre o sujeito mulher negra e o sujeito mulher indígena. Além disso, a doação das obras impressas a escolas da região ampliará o público leitor e possibilitará que outras mulheres negras e indígenas se vejam representadas na produção literária contemporânea.

O Concurso é uma das ações do Projeto de Ensino e Extensão Concurso Literário de Contos aprovado pelo Departamento de Extensão e o Departamento de Ensino do IFRO, Campus Cacoal, e pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UNEMAT.

Os professores responsáveis pelo concurso são Jeciane de Paula Oliveira (IFRO) e Agnaldo Rodrigues da Silva (UNEMAT e Academia Mato-Grossense de Letras).

Constam das condições para a participação das candidatas, que se cumpra  os seguintes requisitos:
a) ser maior de 18 anos;
b) estar morando em Rondônia ou Mato Grosso há doze meses ou mais;
c) autodeclarar-se mulher negra e/ou indígena.
 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.