Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 04-03-2021 às 23:45

Como a neurociência explica o caso de Bruce Reimer?’, do pesquisador brasileiro Fabiano de Abreu, é aprovado pela academia científica

No estudo recém-aprovado pela Latin American, o pesquisador contrapõe teoria da Neutralidade de Gênero e afirma que não há fórmula para transcrever a ciência humana

| Creditos:

Um caso inédito na literatura médica se tornou tema de mais um artigo científico do pesquisador e neurocientista brasileiro Fabiano de Abreu. Do acidente que resultou na amputação do órgão sexual do bebê canadense Bruce Reimer, e na criação dele como uma menina, o pesquisador científico criou uma nova teoria em oposição ao estudo "Neutralidade de Gênero", do psicólogo John Money - à época responsável por fazer o acompanhamento psicológico da criança e seus pais. 

Na hipótese, Money sugere que os seres humanos nascem  sem identidade de gênero formada, e que esta só é desenvolvida a partir de aprendizagem social e intervenções no comportamento. Para provar sua tese, Money fez uma série de induções do gênero femino à criança, além de submetê-la a hormônios que a levassem ao desenvolvimento do corpo de uma menina. Na puberdade, os interesses sexuais da então menina foram opostos ao que o psicólogo esperava, gerando uma série de problemas ao adolescente, que inclusive o levou ao suicídio por não se ver naquele corpo. “a verdade, Reimer estava dentro do corpo certo. Sem nenhuma distorção psicológica. Porém, um acidente deixou seus pais 'desorientados' sobre como lidar com a situação, e houve uma infeliz coincidência de encontrar um 'profissional' sem ética que queria comprovar sua teoria, foi o que bastou para determinar toda a tragédia", contrapõe Abreu.

No estudo recém-lançado e aprovado pela academia cientifica, “How does neuroscience explain the Bruce Reimer case?” (Como a neurociência explica o caso de Bruce Reimer), Abreu relata o caso com detalhes e, na sequência, explica “que não há fórmula para transcrever a ciência humana, como Money tentou formular”.

"Somos um organismo completo, uma mente que mora dentro de um cérebro físico, que coordena um corpo físico e psicológico. A integralidade do ser frente a longa jornada da vida, requer a manutenção da homeostase para a preservação da saúde mental. Sem saúde mental não haverá saúde alguma”, afirma.

* O artigo , “How does neuroscience explain the Bruce Reimer case?”, publicado pela Latin American está disponível em: 

https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/190

Biografia curta

Fabiano de Abreu Rodrigues

Doutor e Mestre em Psicologia da Saúde pela Université Libre des Sciences de l'Homme de Paris; Doutor e Mestre em Ciências da Saúde na área de Psicologia e Neurociência pela Emil Brunner World University; Mestre em psicanálise pelo Instituto e Faculdade Gaio, Unesco; Pós-Graduação em Neuropsicologia pela Cognos de Portugal; Três Pós-Graduações em neurociência; cognitiva, infantil, aprendizagem, Pós-Graduação em psicologia existencial e antropologia, todas pela Faveni; Especialização em propriedade elétrica dos Neurônios em Harvard, neurociência geral em Harvard; Especialista em Nutrição Clínica pela TrainingHouse de Portugal.

Neurocientista, Neuropsicólogo, Psicólogo, Psicanalista, Jornalista e Filósofo. 

Integrante da SPN - Sociedade Portuguesa de Neurociências – 814, da SBNEC - Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento – 6028488 e da FENS - Federation of European Neuroscience Societies - PT30079.  E-mail: deabreu.fabiano@gmail.com

Diretor da CPAH - Centro de Pesquisas e Análises Heráclito 

Em 2020, mais de 10 artigos científicos foram aprovados pelo comitê e publicados em revistas científicas internacionais, Qualis A e B.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.