Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 05-03-2021 às 00:44

Show drive-in 15 anos do Trio Brasilis é contemplado por Lei Aldir Blanc

Trio Brasilis faz drive-in e presenteia público com repertório para cantar, dançar e sentir. A cantora e produtora Deize Águena, o violonista Rusível de Jesus e da percussionista e cantora Juliane Grisólia, comandam o espetáculo.

Juliane Grisólia, Deize Águena e Rusível de Jesus formam o Trio Brasilis | Creditos: Divulgação

Três artistas. Três talentos. Três histórias que se cruzaram na música e criaram laços que vão além dos palcos. Desde 2005, o Trio Brasilis canta e encanta com uma história de sucesso, harmoniosa na vida e na voz da cantora e produtora Deize Águena, do violonista Rusível de Jesus e da percussionista e cantora Juliane Grisólia.

No dia 29 de janeiro, o Trio sobe ao palco mais uma vez para celebrar os 15 anos de trajetória musical em Cuiabá ao lado dos convidados Rodrigo Rocha, percussionista, Tony Maia no sopro e o baterista Wender Couto.

Desta vez, a festa será um pouco diferente. O público vai acompanhar o show em sistema de drive-in, seguindo as medidas de segurança e saúde recomendadas em razão da pandemia do novo coronavírus.

Buzinas e sinal de luz substituirão os aplausos e abraços, mas o clima sempre caloroso e contagiante não será diferente. Quem acompanha o Brasilis sabe que é impossível não cantar e vibrar com o repertório sempre escolhido criteriosamente e com muito carinho, muitas das vezes acompanhado de um saboroso ensopado de cabeça de pacu, escabeche de banana, Maria Izabel e furrundu de caju, uma mistura de doce de caju com rapadura.

Afinal, além da música, o Trio tem em comum a cuiabanidade. “Cuiabanos de pé rachado”, como diz o ditado, Deize, Juliane e Rusível são apaixonados por todos os encantos de Cuiabá. Desde o início, “o santo bateu”, conta Juliane. “A gente gosta de tudo que a gente toca. É muito raro quando um não curte tocar ou cantar uma música. O jeito que a gente toca é igual. O jeito que a gente se relaciona com o público é igual”.

Assim como as similaridades, a individualidade de cada integrante do Trio Brasilis sempre foi respeitada. A cantora Deize Águena, quando convidada, é solista em outros grupos e também trabalha com produção musical. Juliane Grisólia é percussionista, integrante de outros projetos e faz trabalho solo como cantora. Rusível de Jesus toca com vários outros cantores e tem trabalho consolidado como instrumentista solista.

“Nos últimos anos, cada um de nós acabou se dedicando mais aos projetos de carreira solo. E apesar do Trio estar menos presente nos palcos, já que nem sempre foi possível conciliar a agenda, não nos distanciamos. Sempre estivemos presentes nestes projetos, apoiando e incentivando um ao outro”, destaca Deize.

Ela conta que, desde a formação do Trio, todos sabiam do potencial de cada um como solistas. “Cantando juntos ou em solo, a parceria sempre esteve presente. Por isso comemoramos 15 anos do Brasilis. Porque o sucesso de um é de todos nós e podemos nos reunir e celebrar isso”.

Este respeito e apoio mútuo também é ressaltado por Juliane. “Sempre tivemos um grande respeito um pelo outro. Somos muito parecidos na nossa história de vida e de família. Somos pessoas discretas, com foco e com suas dificuldades, mas que tem respeito uma pela outra. Eu vou prestigiá-los, eles me prestigiam. É uma troca preciosa”.

Para 2020, o Trio havia programado três shows para celebrar a carreira. O primeiro foi realizado, em fevereiro, com presença maciça do público e muita alegria. Quando a pandemia chegou, os eventos foram cancelados e os integrantes passaram a estar juntos em busca de alternativas para passar pelo difícil momento, assim como a maioria dos artistas brasileiros.

No final do ano, o grupo participou do edital da Lei Aldir Blanc lançado pela Secretaria do Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) e teve a proposta contemplada para a realização do drive-in.

Juntos, Trio e convidados vão presentear o público com um repertório recheado com “pérolas” que acompanham o Brasilis nessa década e meia. Músicas para cantar e sentir ou, para ouvir e se apaixonar. (Na foto da esquerda para a direita: Rodrigo Rocha, Tony Maia e Wander Couto.

O show drive-in dos 15 anos do Trio Brasilis será no estacionamento do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, no dia 29 de janeiro, uma sexta-feira, a partir das 20h. A entrada será 3 quilos de alimento não perecível por veículo.

Além do apoio da Assembleia Social e Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, participam da equipe técnica do projeto:

Ênio Castilho – produção executiva

Cristiane Puertas – assessoria vocal

Karina Figueiredo – iluminadora

Natália Andrade – criação publicitária

Tania Rauber - assessoria de imprensa

Karen Malagoli – fotografia

Ju Segovia – audiovisual

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.