Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 07-03-2021 às 16:31

Sicoob União MT/MS será parceiro da BPW Cuiabá no projeto Chita & Fuxico

Quando um projeto é inspirador e se mostra sustentável chama a atenção para o entrelaçar de pessoas, empresas e instituições que seguem no propósito de estabelecer parcerias estratégicas no âmbito das boas práticas.

Sueli Batista, Zilda Zompero, Cleide Moreno de Alcântara e Ana Flávia Sales de Quadros | Creditos: Divulgação BPW Cuiabá

A  Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais-BPW Cuiabá, através do Projeto Chita & Fuxico começa o ano de 2021 chamando a atenção de uma grande institução. No dia 20 de janeiro o Sicoob- Sistema de Cooperativas Financeiras do Brasil, através da Governança e da Gerência da Agência Tribunal de Justiça, ambas  do Sicoob União MT/MS, participou de uma reunião estratégica com a presidência e a coordenação de Responsabilidade Social da  ONG Feminina. A reunião ocorreu na  Eletro Fios.


 

 

 

 

 

                                                                         
 

Ana Flavia Sales de Quadros, responsável pela Governança e Sustentabilidade do Sicoob União MT/MS, disse que existem várias formas da instituição trabalhar as parcerias, com recursos financeiros e voluntariado. A forma da atuação que vai ao encontro das ações sustentáveis da BPW Cuiabá estará concentrada, a princípio, no Projeto Chita & Fuxico, mas ela deixou claro que será necessário um estudo dentro da sua política institucional, para se definir como efetivamente o trabalho ocorrerá. “Podemos inclusive buscar outros parceiros junto aos nossos cooperados”, relatou.

A presidente da BPW Cuiabá, Zilda Zompero fez uma explanação dos passos já dados pelo Projeto Chita e Fuxico, que já tem sua marca já registrada e uma linha de produtos com design competitivo. No ano passado estabeleceu importantes parcerias e conseguiu, apesar da pandemia, ter avanços relevantes, sendo o principal deles  conseguir, através da sua  live musical solidária, com o cantor Carlos Navas, de nível nacional, as primeiras máquinas de costura para formação do primeiro ateliê, que está em vias de implementação na Associação Cultural Flor Ribeirinha, no bairro São Gonçalo Beira Rio.  “Já produzimos peças diversas em parceria com costureiras, mas tendo as próprias máquinas vamos alavancar a produção e com a primeira oficina de aprendizagem”, frisou.

Cleide Moreno de Alcântara, gerente titular da Agência Tribunal de Justiça/MT do Sicoob União MT/MS é uma entusiasta do Chita & Fuxico, que ela acompanha desde que a iniciativa estava no papel, e sempre defendeu que a iniciativa vem ao encontro do que o sistema busca. Ela vislumbra que o projeto se tornará uma cooperativa de produção, empoderando a sociedade e fortalecendo a  economia popular solidária, podendo ajudar a desenver a comunidade.

Hoje a BPW Cuiabá busca realizar o sonho da líder do Flor Ribeirinha, Domingas Leonor da Silva, que  é a construção, na laje do escritório da associação,  de  um espaço próprio para o ateliê., que poderá ser o primeiro com a chancela do Chita & Fuxico.  “Hoje o sonho dela já é o nosso sonho e espero que a parceria com o Sicoob possa ajudar a torná-lo uma realidade, e já começo a ter confiança e otimismo neste sentido, disse Sueli Batista. Ela apresentou o projeto da construção, que já foi encomendado pela BPW Cuiabá. Através do ateliê, Sueli explicou que serão confeccionadas as peças do projeto Chita & Fuxico e o figurino do grupo de dança, que é orgulho de Mato Grosso.

 

Sobre o projeto

O Chita & Fuxico visa a autonomia econômica de mulheres em situação de vulnerabilidades e contempla em seu eixo estrutural a qualificação e a  autonomia econômica para o público alvo em situação de vulnerabilidade social, seja por renda; vítimas de violência doméstica, e de mães com filhos portadores de necessidades especiais, além da obtenção de recursos financeiros e material para o fomento de outros projetos da BPW Cuiabá, que impactam positivamente a sociedade, e promovem o empoderamento e a autonomia econômica da mulher.

O projeto contempla ações que vão ao encontro dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) , agenda mundial adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável em setembro de 2015 composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030. Ajudará na erradicação da pobreza; contribuirá através da economia para a igualdade de gênero; estimulará a produção, possibilitando trabalho digno, além disso, buscará parcerias e meios de implantação do projeto.

SOBRE A BPW CUIABÁ

A sigla BPW vem de Business Professional Women, da Federação Internacional de Mulheres de Negócios e Profissionais. A BPW Cuiabá, portanto, tem 19 anos, mas pertence a uma rede de cuja raiz tem dez décadas. Sua missão é Agregar mulheres de negócios e profissionais, orientando e coordenando seu desenvolvimento pleno nas esferas de poder público e de mercado. Dentre seus objetivos, constam:  Desenvolver o potencial profissional e de liderança de mulheres em todos os níveis, através de conquistas de direitos, mentoring, networking, capacitação e programas de empoderamento econômico e projetos ao redor do mundo. Faz parte de seus princípios: ; Promover a igualdade de oportunidades; Atuar com transpararência nas decisões e ações;  Estimular e encorajar a amizade, a cooperação e a integração; Priorizar a alegria e o bom humor como visão do mundo; Atuar e gerir recursos com responsabilidade e compromisso e Promover o exercício da cidadania, por meio da participação comunitária efetiva.

@bpwcuiaba

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.