Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 07-03-2021 às 17:07

Como ficam os condomínios após a vacinação?

Nos condomínios foram implementadas várias regras e novos procedimentos.

O trabalho de conscientização nos condomínios deve ser diário, tanto com moradores quanto com funcionários e visitantes. | Creditos:

Com a notícia da vacinação contra a COVID-19 iniciada no Brasil, ficamos atônitos para a mudança do cenário pandêmico e, apesar de demandar tempo, já é uma luz no fim do túnel. Mas a liberação da vacina não quer dizer que a pandemia acabou. Pelo contrário, ainda temos um longo caminho a percorrer e devemos manter os cuidados recomendados e higiene necessária para minimizar os riscos de contágio. Nos condomínios foram implementadas várias regras e novos procedimentos. Nas áreas comuns foram instalados dispensers de álcool gel, tapetes sanitizantes, pontos com água e sabão para limpeza das mãos entre tantas outras. Nas piscinas, academia e quadra de esportes, foram implementados rodízios dos moradores para evitar aglomerações, e em alguns condomínios, até um sistema de pulseiras para controlar a quantidade de pessoas nas áreas. Outras ainda foram adaptadas para os moradores utilizarem como home office e coworking, com regras de distanciamento e agendamento pelo sistema do condomínio.

Todos queremos a cura para este vírus que já vitimou milhões de pessoas, e trouxe tristeza a tantas famílias, mas precisamos ter um pouco mais de paciência e mantermos a consciência para que fique tudo bem. Com certeza o que aprendemos neste período difícil de nossas vidas ainda permanecerá por muitos anos, talvez para vida toda. O simples cuidado de lavar as mãos mudou tudo. O brasileiro é um povo muito carismático e adora cumprimentar com aperto de mão, abraços e beijos. Como explicar isso às crianças que brincam no playground? Falar aos nossos filhos para manter a distância dos amigos na piscina, onde geralmente grande parte não usa máscara?

É sem dúvida é um momento desafiador. O trabalho de conscientização nos condomínios deve ser diário, tanto com moradores quanto com funcionários e visitantes. As regras valem para todos, e mesmo após a vacina, ainda teremos que manter todo nosso aprendizado neste período turbulento de nossa história.

Sobre João Xavier: Síndico profissional, especialista em gestão condominial, especialista em implantação de novos condomínios. Administrador de empresas, sócio diretor da ATMA Consultoria Imobiliária, possui larga experiência em sistemas condominiais, e tecnologia voltada para segurança de condomínios. Membro do Conselho de Administração do estado de São Paulo (CRA-6-001410), atuou como palestrante em várias administradoras de condomínios em São Paulo.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.