Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 23-01-2021 às 11:11

Tem idosos em casa? Saiba quais cuidados previnem quedas

Especialista em gerontologia indica 8 dicas para evitar acidentes

Uso de bengala e andador: avalie com um especialista a necessidade do uso de bengalas ou outros instrumentos de apoio, já que a fraqueza nos membros inferiores facilita a ocorrência de tombos. | Creditos: PixaBay

Quando o assunto é idoso em casa, todo cuidado é pouco. Os dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) assustam: em todo o mundo as quedas são a segunda principal causa de mortes acidentais. No Brasil, são a terceira causa de mortalidade em pessoas com mais de 65 anos. Estima-se que 30% das pessoas com mais de 65 anos caem pelo menos 1 vez ao ano. Mas como prevenir, já que a capacidade de cair e levantar muda conforme envelhecemos?

Segundo Marcella dos Santos, especialista em gerontologia e enfermeira chefe do Grupo DG Sênior, o trauma gerado por esse tipo de acidente, que na maioria das vezes acontece no ambiente doméstico, pode muitas vezes ser irreversível. “A grande maioria dos idosos quando cai acaba fraturando o fêmur, o punho, o quadril ou a coluna. Dependendo da gravidade do acidente muitos acabam não conseguindo recuperar totalmente sua capacidade funcional”, alerta.

A baixa visão, fraqueza muscular, alterações do equilíbrio e redução de reflexos estão entre os principais causadores dos tombos na terceira idade, por isso a especialista dá 8 dicas de cuidados e adaptações para proteger os idosos em casa. Confira:

  1. Elimine Obstáculos: fios espalhados, tapetes soltos e outros objetos devem ser tirados do caminho de idosos.
  2. Instalação de Suportes: corrimão e barra de segurança ajudam no dia a dia oferecendo apoio. No banheiro, considere utilizar assento removível no vaso sanitário para adequar à altura do idoso. Se possível opte por pisos antiderrapantes.
  3. Nunca usar apenas meias nos pés: opte por sapatos com solas antiderrapantes, substitua os chinelos folgados e nunca deixe o idoso apenas de meia.
  4. Piso: evite andar em espaços com piso molhado. É importante também evitar encerar o chão da casa para não facilitar o risco de quedas.
  5. Móveis: cuidado com móveis espalhados pela casa. Se possível evite ter mesa de centro na sala ou outros objetos que impeçam uma passagem tranquila de cômodo para cômodo.
  6. Iluminação: ambientes bem iluminados, com interruptores de fácil acesso para o trajeto entre os cômodos é fundamental.
  7. Exercícios Físicos: a prática de exercícios físicos no dia a dia ajuda a melhorar as funções musculares. Treinamento de equilíbrio também é importante, como por exemplo, o Tai Chi Chuan.
  8. Uso de bengala e andador: avalie com um especialista a necessidade do uso de bengalas ou outros instrumentos de apoio, já que a fraqueza nos membros inferiores facilita a ocorrência de tombos.

 

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.