Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 29-11-2021 às 21:43

Pets não passam gripe para seus donos

Neste tempo frio é comum pegarmos um resfriado por causa de ambientes fechados, a mudança brusca de temperatura e por aí vai… mas a pergunta que não quer calar é: afinal, eu posso passar gripe para meu pet ou o contrário? A resposta é Não

Vacinação! Procure manter em dia todas as vacinas recomendadas pelo veterinário. É importante não só pela gripe, mas por várias outras doenças. gripe-gatos. | Creditos: Shutterstock

Os pets podem realmente ficar resfriados, porém a causa não será a transmissão por seu dono, assim como será muito improvável o inverso. Assim como nós, os animais podem transmitir de um para o outro, principalmente quando o cachorro não foi vacinado uma vez ao ano contra Parainfluenza Canina e Bordetella, e o gato contra Rinotraqueite, Calicivirus e Clamídia.

 

Leia mais:

Seu cão tem alergia? Saiba qual a ração ideal para ele!

Conheça empresa-pet com um dos melhores serviços de SAC

 

Porém, é importante lembrar que, apesar da gripe não ser passada entre você e seu amiguinho pet, há certas doenças e parasitas que infelizmente podem ser transmitidas, como raiva, tuberculose aviária, micoses, leptospirose, entre outras.
 
 

Prevenção

Ainda assim não queremos que nossos bichanos fiquem gripados, não é mesmo? Então certos cuidados são importantes durante as baixas temperaturas:

- Evite locais e horários de alta aglomeração de cachorros/gatos, pois eles transmitem de focinho para focinho;

- Para os gatos é mais importante evitar choque de temperatura e corrente de ar frio, além de diminuir a quantidade de banhos;

- Bebedouros e comedouros devem ser individuais;

- Vitaminas aumentam as defesas naturais do bichano, e podem ser fornecidas por cápsulas ou mesmo por uma alimentação completa e balanceada;

- Vacinação! Procure manter em dia todas as vacinas recomendadas pelo veterinário. É importante não só pela gripe, mas por várias outras doenças.
gripe-gatos.

Curta o Portal Rosa Choque no Facebook

 

Cuidados para pets gripados

Há medicamentos específicos e até antibióticos, indicados por um veterinário, ótimos para combater a gripe;

- Tenha paciência, porque mantendo os cuidados habituais e o resfriado em cães é auto-limitante, ou seja, a tendência é os sintomas diminuírem entre 2 e 4 dias;

- Casos que merecem atenção é quando o pet apresenta febre alta. Procure ajuda médica, pois se necessário, o animal poderá ficar internado para cuidados especiais durante este período;

- Manter a alimentação regular é muito importante, incentivando o apetite com pedacinhos de frango cozido, por exemplo, e rações úmidas que tenham grande valor nutricional;

- Vaporizador de ar ajudam a manter a umidade da respiração do pet. Se for muito agitado, procure deixar por perto enquanto o bichano dorme.
 
Estas informações foram úteis? Então repasse para seus amigos e conhecidos, porque assim os pets poderão aproveitar muito mais, mesmo quando o tempo estiver friozinho.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.