Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 11-04-2021 às 05:15

A importância da família na educação infantil

Especialista explica a importância da ação conjunta entre família, escola e sociedade na educação das crianças.

Nesta realiza-se uma caminhada acadêmica, a qual media novos caminhos para uma vida profissional. | Creditos: Shutterstock

Tão importante quanto o papel do professor na educação das crianças é o papel dos pais, afinal, são eles que estabelecem os primeiros ciclos de aprendizagem em casa. Por isso, é muito importante que exista essa consciência por parte dos responsáveis. É extremamente necessário saber qual é o dever da escola e o que compete aos familiares.

Para Ana Regina Caminha Braga, psicopedagoga e especialista em educação especial e em gestão escolar, tais papéis têm sido confundidos. “Ultimamente, os papéis estão um pouco invertidos pelo que pode ser visualizado nas escolas”. Segundo a psicopedagoga, hoje as famílias confiam a educação formal de seus filhos desde cedo à escola. “É nítido que os responsáveis têm conhecimento de sua existência, mas nem sempre colocam em prática. Isso acontece principalmente em virtude da vida agitada que o ser humano leva atualmente”, explica.

No entanto, para a especialista, tal atitude pode apresentar problemas futuros na educação dos pequenos, e, se não forem tratados com a devida seriedade podem piorar com o tempo. “As crianças precisam estabelecer com seus pais, professores e outros adultos relações equilibradas. Elas precisam de um espaço no qual as aprendizagens primárias sejam vividas e ensinadas. Cabe aos pais estabelecer os primeiros limites, os sins e nãos que as crianças devem absorver como meio de representação”.

Ainda segundo Ana Regina, a escola precisa educar as crianças para que elas tenham maturidade para pensar em alternativas, nos problemas que as gerações anteriores deixam como herança e nos novos desafios que serão enfrentados. Porém, para que isso aconteça, é preciso que família e escola caminhem juntas, cumprindo cada uma o seu papel. “Os pais e professores têm que reconhecer seus papéis na educação das crianças para que nenhuma instância fuja de seus deveres, sobrecarregando outra instância, como acontece nos dias atuais”, comenta.

Para finalizar, a psicopedagoga faz um alerta de que a sociedade precisa ter consciência de que o papel da escola não é transmitir conhecimentos da educação básica, a chamada educação de “berço”, isso é responsabilidade dos pais e da família. A instituição de ensino deve ensinar a criança detalhes relacionados à cidadania e os valores éticos, além de ajudar a criança a formar opinião e filosofias de vida. “Na instituição se aprende o mundo e suas múltiplas linguagens. Nesta realiza-se uma caminhada acadêmica, a qual media novos caminhos para uma vida profissional”, finaliza.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.