Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 22-10-2021 às 19:44

Como os paradigmas determinam nossos resultados

Toda vez que você faz alguma coisa de forma dife­rente do que está acostumado, isso gera um desconforto.

É fundamental dedicar-se a romper com os paradigmas. Mudá-los é transformar a forma como acreditamos nas coisas e em nós mesmos. | Creditos: Pixabay

Por Marcos Trombetta

Você sabia que os nossos comportamentoshabituais são moldados por paradigmas? Por causa deles, seguimos um determinado padrão e praticamente o tempo todo agimos no piloto automático. São pou­cas as vezes que tomamos decisões conscien­tes, racionais, que saímos do nosso padrão de pensamento.

Desde o momento que nos levantamos, até a hora de dormir, agimos seguin­do nossos hábitos. Faça o seguinte teste: da próxima vez que for vestir uma calça, por exemplo, observe qual é a perna que veste primeiro. Em seguida, tente inverter e comece a se vestir pela outra perna.

Toda vez que você faz alguma coisa de forma dife­rente do que está acostumado, isso gera um desconforto. Por quê? Porque a combinação dos nossos hábitos são os nossos paradigmas. Essa é a nossa programação, nosso padrão, nossa forma de agir.

Compreender tudo isso é fundamental para explicar porque não conseguimos obter os resultados que desejamos. Os resultados são o reflexo dos nossos paradigmas e estão em nosso subconsciente. São o conjunto de crenças, medos e superstições que existem em nossa mente desde criança.

Por isso, é fundamental dedicar-se a romper com os paradigmas. Mudá-los é transformar a forma como acreditamos nas coisas e em nós mesmos. É substituir aquilo em que acreditamos hoje por aquilo que queremos acreditar.  Só assim é possível modificar os resultados e a própria vida.

Fui garimpeiro durante 15 anos e até certo ponto da vida não conseguia imaginar que um dia teria tudo o que tenho hoje ou faria o que faço hoje. E isso só foi possível a partir do momento em que comecei a mudar minhas crenças, pas­sei a ousar mais, a fazer coisas que me considerava incapaz de fazer.  Mas como virar esta chave?

O processo de transformação depende de um aspecto essencial: construir uma nova autoimagem. Ela deve ser baseada não apenas naquilo que você quer ser, mas, essencialmente, em acreditar que já é. Inspire-se em pessoas que admira, molde suas ações e pratique-as. O sucesso não acontece ao acaso e nem de primeira. Desligue o piloto automático e assuma o comando da sua vida!

*Marcos Trombetta é professor, mentor, empresário, escritor e criador do Eneamind (Mentes de Alta Performance), método baseado nos poderes mentais do eneagrama e tema do seu mais novo livro.

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.