Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 15-06-2021 às 22:30

Galeria

19º Março é Mulher foi aberto com Cerimônia das Velas realizada de forma híbrida


“Novos horizontes para o empoderamento feminino” é o tema do 19º Março é Mulher, que neste ano ocorre com atividades  híbridas ou totalmente on-line, até o dia 30 de março. A abertura, num clima de muita emoção, com a tradicional Cerimônia das Velas e a entrega do Título do Mérito,  ocorreu na noite do dia 8 de março no setor de iluminação da Eletro Fios, somente com a presença da Diretoria executiva, do Conselho superior e da homenageada da noite. O evento foi transmitido pelo Instagram @bpwcuiaba e pode ser assistido no IGTV.


 

Desde 2002 a BPW Cuiabá realiza a Cerimônia das Velas, no Março é Mulher,  com a entrega da sua maior honraria. Ao abrir o evento  a presidente da organização, Zilda Zompero se distanciou dos números e fez um discurso falando com o coração, destacando a fragilidade do momento que o mundo está vivendo. 


"As luzes das velas que nos acenderemos nesta noite tem uma energia vital para que possamos acreditar em uma luz maior que é a da cura. Iluminar nossos caminha, para que possamos acreditar que há uma luz maior que é a da cura para iluminar nossos caminhos”, disse a presidente. No final do discurso tocada por uma grande emoção na voz ela citou a vacina que “está chegando para termos as nossas vidas de volta”. Enquanto isso deixou claro que estarão vivendo no novo normal, lutando, trabalhando.

Anna Maria Barreto Souto foi a escolhida pela diretoria para receber o mérito. Ela se emocionou ao ser recordada, pela fundadora da BPW Cuiabá, sua trajetória de vida e na organização que ela ajudou a fundar sendo uma das diretoras na gestão de Sueli Batista, e foi coordenadora de educação em gestões posteriores. Ela foi uma líder servidora. O ontem legitimou o hoje” frisou. Anna é pedagoga, psicopedagoga e neuroeducadora.

Antes de iniciar a Cerimônia das Velas, Sueli que é também conselheira da BPW Brasil leu a oração da organização. 

Todo o conjunto das velas que foram acesas, embora obedecesse um ritual, foi voltada para a cura, e o alívio da dor por tanto sofrimento e luto. “Vida saudável e próspera é o que intencionaremos nesta noite”, destacou Mariza Bazo, Conselheira superior, responsável   pela condução do cerimonial. 

As velas foram acendidas pela seguinte ordem:

Zilda  Zompero acendeu a primeira vela de cor lilás,  ao centro mesa que lembrou a BPW Internacional, no momento foi lembrada a influência da organização que tem assento na ONI e estátua consultivo na UNESCO, UNICEF, UNIFEM, OIT, dentre outras agências especializadas nos Estados Unidos e Europa.


 

O Conselho superior é sempre muito respeitado na hierarquia da cerimônia em Cuiabá e a vela mais alta, de cor beje foi acesa pela fundadora e primeiras presidente Sueli Batista. Lembrou o primeiro grupo da BPW, de 1919, afiliada dos Estados Unidos. 


Mariza Bazo acendeu a terceira vela de cor amarela que lembrou os países fundadoras da BPW Internacional: Áustria, Canadá, França, Itália, Reino Unido e Estados Unidos.

A quarta vela de cor rosa choque foi acesa pela segunda vice presidente, Andréa Barbosa e lembrou as BPWs afiliadas à BPW Internacional, dentre elas a BPW Brasil, que dentre sua representatividade tem acento no Conselho Nacional dos Direitos da Mulher.

A quinta vela de cor azul foi acesa em honra de todas as BPWs e foi acesa pela primeira secretaria Rubia Ranzani; e na sequência a segunda diretora secretária, Zilda Carracedo, acendeu a vela laranja, que lembrou as membros individuais da BPW na Etiópia e Emirados Árabes. 

A BPW Cuiabá, tem assento no Conselho Estadual, e no Municipal dos Direitos da Mulher e no Fórum de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso,  foi lembrada com a sétima vela, da cor verde, que foi acesa pela diretora financeira, Silvana Gomes.

Na sequência a vice diretora financeira, Cleide Lima acendeu a vela da cor roxa que lembrou todas as mulheres que atuam na Justiça, nos mais diferentes espaços profissionais e exercício de poder.

A nona vela de cor vermelha lembrou todas as mulheres que se dedicam as atividades comerciais e empresariais. Ela foi acesa pela primeira diretora jurídica Claudia Aquino.


A segunda diretora jurídica, Marilza Moreira acendeu a vela de cor cinza que lembrou as mulheres que se dedicam ao voluntariado. 

A diretora de eventos, Carla Guberth acendeu s vela rosa que lembrou  todos os parceiros da BPW Cuiabá.

A última vela de cor branca lembrou todos os profissionais que estão na linha de frente do combate da Covid 10. Ela foi acesa pela diretora de Comunicação, Neide Alves.

Com todas as velas acesas o público que assistia a live, em especial as associadas,  foram convidadas para, de onde se encontravam, o também acenderem velas com a mesma intenção. 

O evento foi encerrado com a oração do Pai Nosso, que não é comum no protocolo ritualístico mas que coube para o fortalecimento das vibrações  de fé e energia positiva.

Todas receberam como lembranças do evento, álcool gel e máscaras do projeto sustrntável da BPW Cuiabá, o Chita & Fuxico.

“Que sejam iluminados rostos novos de de seres inteiros verdadeiramente humanos e com firmes propósitos de construir uma sociedade mais humanas e alicerçada  nas boas práticas”, que assim seja.

Na  galeria de fotos estão vários  registros da cerimônia e também de algumas associadas da BPW Cuiabá que enviaram suas fotos feitas durante o evento, formando assim com todas as velas acesas,  uma egregora de luz.

 

Patrocínio e apoio

O 19º  Março é Mulher é patrocinado pelo   Sistema de Cooperativas Financeiras do Brasil, através da Governança e da Gerência da Agência Tribunal de Justiça, ambas  do Sicoob União MT/MS; pela Empresa Eletro Fios - Hidráulica, Elétrica e Iluminação, Portal Rosa Choque e apoiado pela Cleide Imóveis.