Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 15-05-2021 às 07:45

Galeria

Show Drive-in dos 15 anos do Trio Brasilis



Há muito o que se experienciar na pandemia, e tem quem possibilita experiências inovadoras e criativas para que a nossa emoção fique aflorada positivamente. Nos surpreendemos agradavelmente na última sexta-feira, 29 de abril, quando pela primeira vez assistimos um espetáculo drive-in, na comemoração dos 15 anos do Grupo Brasilis, ocorrida no estacionamento do Teatro Zulmira Canavarros. 
Faróis e buzinaços foram ressignificados, porque substituíram os aplausos e expressaram a alegria de estarmos presentes prestigiando Deize Aguena, Juliane Grisólia e Rusivel de Jesus.
O trio abriu o evento impecavelmente cantando Sapato Velho, um hit eternizado pelo Roupa Nova, composto por Cláudio Nucci, Mu e Paulinho Tapajós. Aliás uma música que sempre toca almas, e a nossa ficou em enlevo. Na sequência não se deu sossego para o nosso estado de ânima, entoando Certas Canções, do Milton Nascimento e Tunai... Não me deixe só, de Vanessa da Mata...As composições anunciaram o que seria o espetáculo, que a cada instante ganhava mais cadência. Os convidados do trio trouxeram para o palco outros acordes, e tudo foi uma profusão da boa música.
Ai, Ai, Ai, Ai, Ai...o palco ganhava cada vez mais força na voz através das composições do melhor elenco da MPB, foram tantos e tantos,  mais e presentes, nos impregnando da melhor seiva das canções da MPB... músicas boas  pra se cantar, viajar nas composições e até dançar, bem ao ladinho do carro. Até Mercedita, de Ramon Sixto Dias, que foi somente tocada, fez muita gente cantar. 
Enfim Clareou, de Serginho Mereti e Rodrigo Leite, ganhou o bis.... e o que era divina música se acabou.

O que eu, Mariza Bazo,diretora do Portal RCQ e Zilda Zompero, presidente da Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais-BPW Cuiabá, um trio de fãs do Brasílis, vivenciamos no carro foi mágico. 
Amamos ter visto nossos rostos no telão, um carinho a mais para quem manifestou quais seriam suas composições preferidas, no Instagram.
Como não amar termos vivido tudo o que vivemos.... enfim, traduzimos com nossa emoção e gratidão, que existe vida pulsante e que a felicidade está também em novas formas de nos divertir dentro do novo normal.

Sueli Batista

Diretora Responsável do Portal RCQ

Veja

Matéria da TV Assembleia 

https://youtu.be/19AlsxTLu3Y