Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 02-12-2020 às 02:02

BPW Cuiabá realiza reunião no Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino

No dia 19 de novembro comemora-se o  Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino.

Muitas vezes as iniciativas da BPW Cuiabá além de propiciar a difusão dos negócios de suas associadas, também amplia as iniciativas que impactam positivamente a sociedade | Creditos: Divulgação BPW Cuiabá Montagem

Segundo o último levantamento divulgado pela Unidade de Gestão Estratégica do Sebrae Nacional, as mulheres respondem por 34% dos 27,4 milhões de empresários formais existentes no Brasil.Quase metade dos MEI existentes no país 48% é formado por mulheres. Poucos sabem, entretanto, que a superação das mulheres em relação aos homens que empreendem está na educação.As Donas de Negócio têm maior escolaridade, que chega a16% superior, do que os homens. 

Uma das entidades que contribue com a educação empreendedora e  para alavancar os negócios das mulheres, em todos os segmentos, a exemplo de distribuídos em serviços, indústria, comércio, agropecuária é a Business Professional Women-BPW, leia-se Mulheres de Negócios e Profissionais. Em Cuiabá, a ONG Feminina, que é filiada a BPW Brasil, reúne na data de 19 de novembro as suas associadas para a primeira reunião após ser decretada as medidas de isolamento social na capital, em março de 2020. O evento ocorrerá às 18h30 na sede da empresa Eletro Fios, dirigida pela presidente da BPW Cuiabá, Zilda Zompero que empreende no setor de materiais elétrico, hidráulico e iluminação.

O objetivo da BPW  é “agregar mulheres de negócios e profissionais, orientando e coordenando seu desenvolvimento pleno nas esferas de poder público e de mercado”. Tem a missão de ser ”reconhecida como um celeiro de lideranças femininas, independente de raças e credos, atraindo e mantendo personalidades femininas da comunidade, a empoderando, proporcionando trocas de experiências e aprimorando o empreendedorismo”. Em todo o país e no mundo a organização tem trabalhado com muitas iniciativas, em prol do empreendedorismo e colocando as mulheres de negócios e profissionais num patamar que se preocupa com o tripé da sustentabilidade: pessoas, meio ambiente e recursos financeiros.

Projetos de sucesso

Projetos a exemplo do Business Day, que foi criado e executado por Zilda Zompero, quando coordenou o Comitê de Negócios da BPW Brasil, e o Chita & Fuxico, da Comissão de Responsabildiade Social, criado por Sueli Batista, fundadora da BPW Cuiabá e que já presidiu tanto a BPW local, quanto a BPW Brasil, estão juntamente com o Março é Mulher, que ocorre em várias partes do país, entre as  principais iniciativas que acontece em Cuiabá, visando contribuir para o impulsionamento do empreendedorismo feminino, incluindo-se mulheres em vulnerabilidade social.

“Muitas vezes as iniciativas da ONG Feminina, além de propiciar a difusão dos negócios de suas associadas, também amplia as iniciativas que impactam positivamente a sociedade”, diz Zilda Zompero. Na reunião que ocorrerá no Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, a ONG vai apresentar novas associadas, e cumprir uma pauta de interesse focada nos negócios e nas atividades múltiplas que já estão programadas para 2021.

Sobre a BPW

Em 1930 a americana Lena Madesin Phillips, ao fundar a BPW Internacional, disse: "Não importa que estejamos vivas quando homens e mulheres conseguirem viver em perfeita igualdade de condições. Importa que façamos parte do processo de mudança". Lena foi também a responsável por fundar, logo após a primeira guerra mundial, a 1º BPW no mundo, a Estados Unidos,  como legado, tem sido cumprido no Brasil e em mais de 100 países

Business and Professional Women – é uma Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais. É uma Organização Não Governamental – ONG, sem fins lucrativos, de utilidade pública e sem finalidade política partidária. É uma organização internacional, que conta com mais de 40 mil mulheres associadas. Fundada na Suíça em 1930, pela Dra. Lena Madesin Philips, hoje está presente em mais de 100 países, onde realiza inúmeros projetos que fomentam o empreendedorismo, a capacitação de lideranças e implementam projetos de responsabilidade social para melhorar a qualidade de vida de mulheres e meninas em todo o mundo. A BPW integra agências da ONU, ECOSOC, CSW, OEA, OIT e participa de eventos internacionais públicos e privados, que discutem, apoiam e fiscalizam o desenvolvimento das políticas públicas para mulheres e cumprimento dos acordos internacionais. (Foto de uma das convenções da BPW Brasil, realizada em Florianópolis-SC).

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.