Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 02-12-2020 às 01:52

Dia das bruxas: como transformar roupas infantis em fantasia

De maneira online ou presencial, antes das crianças entrarem no clima de doces ou travessuras, os papais precisam elaborar uma combinação assustadora. O Grupo Kyly separou algumas ideias para misturar as roupas do dia a dia com acessórios inusitados.

De maneira online ou presencial, antes das crianças entrarem no clima de doces ou travessuras, os papais precisam elaborar uma combinação assustadora. | Creditos: Divulgação

Mesmo com a pandemia exigindo cuidados redobrados, os pequenos já estão na expectativa para comemorar as festividades de halloween. Neste ano, além das brincadeiras estarem sendo adaptadas para respeitar o distanciamento social, o look também terá que ter um toque a mais de criatividade! Os especialistas reforçam que as máscaras de dia das bruxas não substituem aquelas que já utilizamos diariamente.  

 De maneira online ou presencial, antes das crianças entrarem no clima de doces ou travessuras, os papais precisam elaborar uma combinação assustadora. A Kyly separou algumas ideias para misturar as roupas do dia a dia com acessórios inusitados para os pequenos arrasarem no dia 31 de outubro. Confira!  

 1. Peças pretas básicas  

      Com o preto basiquinho já é possível entrar na onda do Dia das Bruxas. Acrescentando um adereço diferente - como um chapéu, penteados ou até uma maquiagem -, as meninas já podem se preparar para as festinhas.  

 2. Pijamas Temático 

A coleção de Alto Verão da Kyly traz conjuntos de pijamas que podem ganhar um novo papel no Halloween. Um tema que cai muito bem na data é o de morcego, e o pijama além de confortável, também pode ser complementado por acessórios e maquiagens temáticas.  

 


Sobre o Grupo Kyly 

No mercado desde 1985, o Grupo Kyly produz confecções de alto valor agregado para os mais exigentes mercados. Hoje, a empresa conta com cerca de 2,1 mil colaboradores, sendo uma das indústrias de maior representatividade no segmento de vestuário infantil no país. Por ano, a indústria produz cerca de 18,3 milhões de peças de suas cinco marcas: Kyly, Nanai, Milon, Amora e Lemon. Além de 73 unidades próprias e franqueadas da marca Milon, as coleções das marcas do Grupo Kyly podem ser encontradas em 9 mil lojas multimarcas e no e-commerce.

 

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.