Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 26-10-2020 às 00:24

Como pedido de socorro ao bioma, Tetê Espíndola reúne artistas consagrados e lança videoclipe 'Adeus Pantanal' de Itamar Assumpção

Tetê em parceria com o produtor e músico Carlos Navas reuniu convidados para a gravação. Rolando Boldrin abre o clipe dizendo: “Eu fui à Cuiabá pra no Pantanal olhar a bicharada. Eu fui pra ver, não vi, que decepção senti. Vi quase nada".

Em parceria com o produtor e músico Carlos Navas, Tetê Espíndola reuniu convidados para lançarem o videoclipe no Youtube, Nei Matogrosso e Alzira E participam | Creditos:

Na versão original a composição que inspirou o videoclipe, que é uma manifestação de amor ao Pantanal, não começa com Cuiabá, cidade que  é uma das  portas de entrada do Pantanal Mato-grossense. Na realidade é outra importante cidade pantaneira que tem o destaque do autor: “Eu fui à Corumbá pra no Pantanal olhar a bicharada. Eu fui pra ver, não vi, que decepção senti. Vi quase nada”, já dizia o vanguardista Itamar Assumpção, quando lançou a música Adeus Pantanal no álbum " Intercontinental - Quem Diria" (com participações de Tetê Espíndola e Alzira E), em 1988. Mais de 30 anos depois, a música de Itamar ecoa o momento em que o Pantanal vive com as queimadas que destroem a fauna e flora . Pensando em pedir socorro a tudo que o Pantanal vem enfrentando, desde vegetação destruída a animais mortos, Tetê reuniu 32 artistas para participar de um clipe que ilustra a canção atualíssimo de Itamar.
“Eu tive um sonho recente, foi como uma premonição, eu era uma nuvem e fui até o Pantanal levar a chuva, foi incrível salvar os bichos e desde então os ´Pássaros da minha garganta´ resolveram se manifestar. Chamei alguns amigos para juntos ecoarmos um novo e uníssono grito de alerta”, conta .

 

Em parceria com o produtor e músico Carlos Navas ela reuniu convidados para lançarem nesta segunda-feira (28) o videoclipe no Youtube e demais redes da artista. O clipe foi produzido por Arnaldo Black, com arranjo de Caito Marcondes e os músicos Sandro Moreno e Bianca Bacha.
“Além de homenagear Itamar , que foi um visionário prevendo o que Pantanal sofreria, nossa intenção é fazer um alerta de conscientização para essa situação lastimável que o nosso Pantanal vem sofrendo com o fogo e o descaso institucional”, explica.

Assista  o clipe:https://youtu.be/j__g0gRrZbQ


Os artistas envolvidos no projeto são:

1 – Alzira E
2 – Arnaldo Antunes
3 – Arnaldo Black
4 – Arrigo Barnabé
5 – Bianca Bacha
6 – Bené Fonteles
7 – Caito Marcondes
8 – Carlos Navas
9 – Carlos Rennó
10 - Celito Espíndola
11 - Chico César
12 – Clarisse Abujamra
13 – Dani Black
14 – Duda Brack
15 - Geraldo Espíndola
16 - Gilson Espíndola
17 - Iara Rennó
18 - Jane Duboc
19 – Jerry Espíndola
20 - Lucina
21 – Luz Marina
22 - Manu Saggioro
23 – Marina Peralta
24 - Marta Catunda
25 - Ney Matogrosso
26 - Rolando Boldrin
27 – Sandro Moreno
28 - Sérgio Espíndola
29 - Suzana Salles
30 - Vânia Bastos
31 - Virgínia Rosa
32 – Zeca Baleiro

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.