Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 26-10-2020 às 00:33

Sustentabilidade da criação ao cotidiano da Cave do Sol

Estação de tratamento modelo, energia renovável, reaproveitamento de materiais da vinícola desativada e envolvimento de gerações de produtores de uvas são algumas das soluções implantadas pela vinícola que reverencia história, arte e vinho

A beleza arquitetônica da Cave do Sol é uma atração a parte | Creditos: Augusto Tomasi

Contemporânea, mas com as marcas do tempo expostas em todos os seus ambientes, a Vinícola Cave do Sol, recém inaugurada no Vale dos Vinhedos, é um empreendimento que une modernidade e sustentabilidade. Acolhedora, com espaços amplos e uma pegada industrial, a empresa já nasce consciente de que suas responsabilidades vão muito além de elaborar excelentes vinhos, espumantes e suco de uva. Esta consciência brota em três frentes: social, arquitetônica e ambiental.

Social por entender que as pessoas são a parte essencial de todo o processo, dando vida a um mesmo propósito que só faz sentido se dele fizerem parte àqueles que estão lado a lado na construção da história. “Sempre foi assim. Porque entendemos que o nosso passado, presente e futuro são feitos de pessoas e para pessoas.  Nossas relações são construídas com base na confiança, na colaboração”, destaca Arnaldo Passarin, diretor presidente da Cave do Sol. O zelo com cada relação, o comprometimento e respeito pelas parcerias são responsáveis por manter gerações de famílias, preservando laços de décadas. 

Arquitetônica porque protege o passado e reverencia a história da família e da própria vinicultura brasileira ao recuperar, restaurar e reutilizar materiais da vinícola desativada em Flores da Cunha. Milhares de tijolos de demolição revestem as paredes da cave. A madeira de pipas de até 110 mil litros, por onde passaram  milhões  de litros de vinho, hoje compõem o mobiliário da vinícola em portas imponentes da cave, nas mesas da Vinheria, da Loja e do Centro de Eventos e nas prateleiras que exibem rótulos das linhas Capitão Chico, Vitória Lúcia, Cave do Sol, Solar do Vale, Vulcano e Monarca.

“Ao iniciar o projeto da Cave do Sol, selecionamos peças e equipamentos que haviam sido utilizados ao longo da trajetória da família para dispor em um novo contexto. E fomos além. Recuperamos as madeiras das imensas pipas para fazer o mobiliário e recolhemos milhares de tijolos da construção antiga para com eles revestir os novos ambientes. Estamos certos de que toda a energia desse passado incrível, pautado no amor e na dedicação, está presente no novo momento vivido”, ressalta Vanja Hertcert, arquiteta responsável pelo projeto e execução, especializada na Arquitetura do Vinho no Brasil, com mais de 30 intervenções e projetos de vinícolas em todo o país. A sustentabilidade também proporcionou que peças e equipamentos antigos fossem transformados em grandes obras de arte pelas mãos dos artistas locais Aido Dal Mas e Rubens Sant’Anna. São verdadeiros monumentos distribuídos no interior e no entorno da vinícola.

Respeito à natureza

Por fim, mas não menos importante, o meio ambiente é para a Cave do Sol um bem de todos e por isso precisa ser zelado por todos. A empresa cuida da água fazendo a destinação correta de 100% dos resíduos sólidos e líquidos gerados pela vinícola, promovendo a reutilização de tudo que pode ser reciclado. Uma estação de tratamento de efluentes que é modelo no país recolhe os resíduos em tanques para posterior tratamento físico-químico. Após a decantação, já límpido e incolor, o efluente é lançado numa lagoa próximo a vinícola. São 10 milhões de litros tratados anualmente. Já os resíduos sólidos são destinados a uma empresa especializada na reciclagem destes materiais. O lodo é enviado para uma outra empresa de compostagem. Em um ano, a Cave do Sol gera 1,5 milhão de quilos de resíduos, todos com a devida destinação.

O uso de 410  placas fotovoltaicas instaladas na empresa gera 199.730 KWh de energia, que equivale a 40% do consumo anual.

SERVIÇO

De segundas e sábados, das 10h às 17h

Domingos, das 10h às 16h

Contatos:

54 2521.2599 | 54 98418.9882 | turismo@cavedosol.com.br

 

 

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.