Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 02-12-2020 às 02:13

Festival prospecta futuros com potência criativa

CriAtivar contará com mais de 40 atividades on-line gratuitas, divididas em quatro eixos temáticos: Cidadania Criativa; Tecnologia, Inovação, Negócios e Empreendedorismo; Futuro, Sustentabilidade, Impacto e Cidadania; e Criatividade, Cultura e Arte

O festival conecta protagonistas do nosso tempo para imaginar e provocar futuros, apostando nas potências da criatividade | Creditos: Canva

1º Festival Internacional Santista de Criatividade, Inovação e Sociedadereunirá mais de 40 atividades gratuitas, divididas em quatro eixos temáticos. Especialistas nacionais e internacionais – como Brian Solis e Domenico De Mais –, debaterão, on-line, temas como economia criativa, inovação, construção de uma nova sociedade e novos paradigmas da economia local e mundial. Com transmissão em plataformas de streaming a partir de Santos, o CriAtivar apresentará as mentes criativas e disruptivas de empreendedores, executivos de empresas, artistas, criativos e pensadores de Santos, do Brasil e do mundo. Em destaque, os segmentos: audiovisual, música, design, arquitetura, games, empreendedorismo de impacto social, economia prateada e muito mais. A agenda completa está disponível no site.

O CriAtivar surge como uma convergência com a Santos Criativa – selo adotado pela cidade em 2015, quando passou a integrar a Rede de Cidades Criativas da Unesco, na categoria Cinema. Em 2020, a cidade realizaria, pela primeira vez na América Latina, o Encontro Anual da Rede de Cidades Criativas das Organizações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Diante da pandemia, que demandou o cancelamento de atividades presenciais, o festival se estabelece como alternativa qualificada e disruptiva, muito alinhada ao vanguardismo de Santos. O evento é organizado pela DCovas Projetos Culturais e Corporativos, LAB 4D e Zopp Criativa; a curadoria é do Atelier do Futuro e realização do Governo do Estado de São Paulo, via PROAC. 

Para Denise Covas, uma das organizadoras do evento, Santos sempre foi marcada pela vanguarda por ser aberta para o mundo. “A cidade sempre acolheu pessoas de diferentes nacionalidades, que buscavam oportunidades para empreender a própria vida e criar negócios. Ao longo da história, está no DNA de Santos ser disruptiva nos temas e nos costumes. O CriAtivar vai explorar exatamente essas possibilidades santistas. Olhando e integrando o mundo; reconhecendo as próprias potencialidades, queremos provocar reflexões, sobretudo, associadas à economia criativa e à inovação. Esse olhar para dentro e para fora é essencial para repensar novos caminhos para a sociedade”, afirma Denise.

De acordo com a executiva, a ênfase na economia criativa está baseada no potencial de negócios do setor.  O mapeamento Indústria Criativa no Brasil mostra que o PIB Criativo totalizou R$ 171,5 bilhões, em 2017, representando 2,61% de toda a riqueza produzida no território nacional e contando com mais de 800 mil trabalhadores formais no período. “Essa pesquisa da Firjan Senai comprova que estamos diante de um setor com grande potencial de contribuir com a economia e gerar empregos”, afirma. 

Danilo Tavares, fundador da Zopp Criativa, avalia que o Criativar será uma oportunidade de trocar experiências com iniciativas inovadoras e disruptivas – seja nas periferias ou nos centros econômicos nacionais e internacionais, nos festivais ou no cinema, nas startups ou nas usinas criativas ou nos empreendimentos solidários, na arquitetura ou no design. “O slogan Expanda a sua visão de futuro é um convite para acreditar no poder da criatividade e do diálogo para a construção de novas possibilidades de relacionamentos de consumo, de trabalho e renda, de negócios e de mundo. Esse é o momento para sonharmos e desenharmos o futuro”, pontua.

O evento tem a cocuradoria de Mariana Nobre, gestora do Atelier do Futuro. Santista – especialista em novos cenários culturais, inovação em tendências –, ela lembra que é importante evidenciar o que fez Santos conquistar o posto da Cidade Criativa para sediar o Encontro Anual da Rede de Cidades Criativas da Unesco. “A proposta da cidade tem como tema ‘Criatividade, caminho para a Igualdade’, com o objetivo de demonstrar o poder da criatividade e da cultura como fatores de desenvolvimento social, urbano e econômico sustentável para a redução das desigualdades no mundo. Esse é um tema de extrema importância para a reconstrução econômica da cidade em um cenário pós-pandemia; por isso, está em total consonância com a proposta do Criativar”, reforça.  

 

PARTICIPANTES

De 24 a 27 de setembro, o CriAtivar – que aposta na tendência da dispersão dos grandes centros urbanos, em decorrência do amadurecimento do trabalho remoto –  vai reunir nomes como Brian Solis (escritor, antropólogo digital e futurista classificado pela Forbes como uma das mentes de negócio mais criativas e brilhantes do nosso tempo); Domenico De Masi (sociólogo italiano formulador do conceito ócio criativo); Ana Carla Fonseca (vencedora do Prêmio Jabuti, categoria Economia); Luiza Voll (Contente); Facundo Guerra; Helena Bertho (gerente de comunicação da Coca-Cola); Ana Fontes (empreendedora social RME e IRME, delegada líder BR W20/G20, eleita uma das 20 mulheres mais poderosas pela Forbes BR 2019, Top Voices LinkedIn 2020); Glamour Garcia (atriz, interpretou Britney na novela A Dona do Pedaço); Watatakalu Yawalapiti (uma das grandes lideranças indígenas no Alto Xingu, protagonista do documentário "Gigantes pela própria natureza"); Luli Radfahrer (professor, Ph.D. em comunicação digital pela ECA-USP, pesquisador, designer e analista de tendências digitais); Heitor Dhalia (sócio da Paranoid e diretor de filmes como "O Cheiro do Ralo" e "Serra Pelada"), entre outros.

 

AGENDA

Evento: CriAtivar – 1º Festival Internacional Santista de Criatividade, Inovação e Sociedade

Data: de 24 a 27 de setembro

Transmissão: redes sociais do CriAtivar (@festivalcriativar)

Organização: DCovas Projetos Culturais e Corporativos, LAB 4D e Zopp Criativa  Cocuradoria: Atelier do Futuro

Realização: Governo do Estado de São Paulo | PROAC

www.festivalcriativar.com.br/

 

| 24 DE SETEMBRO

De uma economia criativa a uma cidade criativa: alternativas de desenvolvimento econômico. | 10 horas

_Entendendo os movimentos #beofficeless e #foracidadegrande: a diáspora dos criativos. | 10 horas

_Usinas criativas para um mundo pós-covid. | 12 horas

_Mobilidade e caminhabilidade para uma cidade criativa. | 12 horas

_Centro: um polo criativo. | 14h30

_Dinheiro para um novo mundo: moedas sociais e novas visões de crédito. | 14h30

_Arqueologia do futuro: Santos, historicamente criativa. | 16h30

_Economia prateada: a revolução da longevidade. | 16h30

_Desafios das mulheres no empreendedorismo. | 18h30

_Empreendendo na música. | 18h30

_Novos papéis dos influenciadores digitais. | 20h30

_Show: Sacada Cultural | 20h30

 

| 25 DE SETEMBRO

_Para além dos unicórnios: casos de startups santistas. | 10 horas

_Negócios criativos e requalificação urbana | 10 horas

_ Afrofuturismo: um lúcido paradigma para o futuro. | 12 horas

_Financiando projetos: match de investidores, matchfunding e leis de incentivo. | 12 horas

_Objetivos de Desenvolvimento Sustentável na Moda. | 14h30

_O movimento maker e a construção de novas realidades. | 14h30

_Agenda 2030: compromisso com o milênio, entendendo as ODS da ONU. |

16h30

_Domenico De Masi e Ana Carla Fonseca: a criatividade como aliada | 16h30

_Brian Solis e Luli Radfahrer: como ter uma vida criativa | 18 horas

_O futuro do trabalho e o trabalho do futuro. | 18h30

_Renda básica universal: equidade para o futuro. | 19h30

 

26 DE SETEMBRO

_Cidade criativa para além do empreendedorismo branco. | 10 horas

_Mercado da voz: você já pensou em usar a sua? | | 10 horas

_Empregabilidade e empreendedorismo trans. | 12 horas

_A força da identidade local: Santos e seu hiperlocalismo e place branding | 12 horas

_A era da curadoria. | 14h30

_O poder do brincar: da saúde mental à transformação social. | 14h30

_É possível ensinar criatividade? | 16h30

_Resistentes (e Inovadores): os livreiros no mundo dos algoritmos e dos e-books. | | 16h30

_As reinvenções da gastronomia: como o que está no nosso prato revela o espírito do nosso tempo? | 18h00

_Brian Solis e Luli Radfahrer: como ter uma vida criativa | 18h30

_Design fiction e futures thinking | 19h30

_ Joga a ppk na mesa | 20h30

 

| 27 DE SETEMBRO

 _Laboratórios cívicos: a imaginação coletiva. | 10 horas

 _A inovação está na natureza: olhares da agricultura urbana, da ecogastronomia e da biomimética. | 10 horas

 _Ócio e tempo livre: de subversivos a revolucionários. | 12 horas

_Cannabusiness: a revolução cannábica. |   12 horas

_Como transformar Santos num polo do audiovisual? | 14h30

_Liberte o futuro | 14h30

_Cinema nacional: rumos e resistências. | 16h30

_Desafios da equidade na produção cultural. | 16h30

_Audiovisual expandido: realidade virtual e aumentada, animação; games e video mapping. | 18 horas

_Domenico De Masi e Ana Carla Fonseca: a criatividade como aliada | 18h30

_ Festivais de Inovação e Criatividade: provocando futuros. | 19h30

_Show: Sacada Cultural | 20h30

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.