Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 21-09-2020 às 08:14

Do que os líderes do futuro vão precisar

Menos burocracia e mais pragmatismo, menos delegar e mais "chegar junto", apoiando seus times para o melhor caminho na retomada do crescimento

Entre as características da liderança para 2021, estão: adaptação ao novo e conexão tecnológica. | Creditos: Canva

Para Marcelo Arone, Headhunter e Coach de Carreira, especialista em recolocação executiva e sócio da OPTME RH, 12 anos de experiência no mercado de capital humano, a pandemia veio expor as deficiências e as qualidades dos líderes. “Todos fomos arrebatados pelas mudanças que chegaram sem avisar, mas apenas alguns de nós vão sobreviver no pós-pandemia. E é possível, desde já, desenhar o perfil desses gestores que vão efetivamente liderar a mudança”, afirma ele.

Entre as características da liderança para 2021, estão:

  • Adaptação ao novo
  • Conexão tecnológica
  • Desapego de práticas burocráticas
  • Apoio incondicional a seus times
  • Postura proativa e fortalecedora
  • Resiliência e criatividade
  • Tomada de decisão rápida e certeira
  • Criação de ambientes saudáveis e eficientes

“O líder do futuro é inspirador, alguém realmente a ser seguido e que, se precisar, vai fazer, não vai esperar que façam por ele”, enfatiza o headhunter que, durante a pandemia, está ajudando empresas a reorganizar suas lideranças e a demitir de forma justa e com menos perdas para ambos os lados: “o chefe realmente humano sofre com a demissão. Nenhuma empresa que estava a pleno vapor optou por demitir sem necessidade, e ajudar nessa empreitada foi uma das missões da OPTME em 2020”, revela.

O que ele fez foi oferecer um serviço único, um coaching de carreira que não é oferecido diretamente para o colaborador, mas para a empresa oferecer a ele, como parte do processo de desligamento: “nós criamos um processo diferenciado, que permite ao colaborador, na maioria das vezes, sair de uma empresa e já ser incorporado a outra”, explica Marcelo. Segundo ele, essa postura das empresas, mais humana e conectada com as necessidades de quem se doou a ela por anos, muitas vezes, faz parte da liderança do futuro.

 

Sobre o especialista:

Marcelo Arone é Headhunter, especialista em recolocação executiva e sócio da OPTME RH, com 12 anos de experiência no mercado de capital humano. Formado em Comunicação e Marketing pela Faculdade Cásper Líbero, com especialização em Coach Profissional pelo Instituto Brasileiro de Coaching, Marcelo já atuou na área de comunicação de empresas como Siemens e TIM, e no mercado financeiro, em empresas como UNIBANCO e AIG Seguros. Pelo Itau BBA, tornou-se responsável pela integração da área de Cash Management entre os dois bancos liderando força tarefa com mais de 2000 empresas e equipe de 50 pessoas. Desde então, se especializou em recrutamento para posições de liderança em serviços, além de setores como private equity, venture capital e empresas de Middle Market, familiares e brasileiras com potencial para investidores. Já entrevistou em torno de 8000 candidatos e atendeu mais de 100 empresas em setores distintos.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.