Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 24-09-2020 às 00:06

Mito ou verdade: Saúde bucal durante gravidez

Entenda o que é fato e que é boato

Visitar o dentista periodicamente é de fundamental importância para saúde da mãe e do bebê. | Creditos: Canva

Quem nunca ouviu falar ou teve um parente ou vizinha ou amiga da amiga que perdeu ou “estragou” todos os dentes durante o período da gravidez? Isso acontece mesmo? Denis Panhota, da JP Odonto esclarece o que é mito e o que é verdade nesse “dito popular”.

  • Gengivite pode induzir parto prematuro? Verdade! As bactérias decorrentes da inflamação percorrem a corrente sanguínea e se fixam no líquido amniótico e na placenta. O corpo da mãe entende que precisa salvar o bebê e adianta o trabalho de parto.
  • Não posso tratar problemas dentários estando grávida? Mito! O não tratamento pode gerar mais riscos do que o tratamento. Claro que é preciso avaliar bem a gestante e levar em conta seu histórico e hábitos para decidir se daremos início ou não ao tratamento. Raio X, por exemplo, não é recomendado no primeiro e terceiro trimestre da gravidez. A Anamnese nesse caso é muito importante.

Visitar o dentista periodicamente é de fundamental importância para saúde da mãe e do bebê. “O ministério da Saúde recomenda que a gestante marque consultas já no pré-natal para prevenção uma vez que a gravidez está relacionada a várias mudanças no corpo e, algumas delas podem afetar os dentes, gengivas e língua”, conclui Denis Panhota.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.