Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 12-08-2020 às 19:38

Depilação masculina: qual o melhor método?

Métodos mais recomendados e os cuidados essenciais com a pele dos homens

Considerado o método mais comum e popular, as lâminas descartáveis são rápidas, práticas e econômicas, mas elas não eliminam o pelo da raiz. | Creditos: PixaBay

Ter ou não ter pelos, eis a questão. Isso é uma escolha que vai da vaidade à necessidade. Aos que preferem não ter, já foi tempo que a depilação era hábito puramente feminino. Hoje, muitos homens procuram cuidar melhor da saúde e do visual, o que inclui eliminar pelos excessivos em determinadas partes do corpo, como costas e peito.

No entanto, segundo especialistas da Vialaser, são necessários cuidados diferentes para a depilação masculina, principalmente porque os pelos, em geral, estão em maior quantidade e são mais grossos do que os femininos. Confira quais são os métodos mais recomendados e os cuidados essenciais com a pele:


Lâminas de barbear

Considerado o método mais comum e popular, as lâminas descartáveis são rápidas, práticas e econômicas, mas elas não eliminam o pelo da raiz. Com isso, eles crescem em poucos dias e podem provocar coceiras e irritações com mais facilidade.

Para evitar irritações, sempre obedeça ao sentido dos pelos. Não esqueça da água morna antes da depilação e descarte o aparelho assim que usar.

Outro problema é a foliculite, que pode aparecer com bastante frequência ao utilizar a lâmina. A foliculite nada mais é do que bolinhas vermelhas que nascem na pele. Esses carocinhos são como pelos encravados e, por conta da fricção na pele que a lâmina causa, isso coopera para seu surgimento.


Creme depilatório

Depois de aplicar o creme, os agentes químicos do produto amolecem os pelos nas hastes e, assim, como as lâminas, o pelo é cortado, podendo crescer rapidamente no período de uma a duas semanas.

É um método indolor, que pode ser feito em casa. Neste caso, os pelos são retirados facilmente com uma esponja. Mas é preciso ter cuidado, pois as substâncias químicas do creme podem causar alergia e irritação da pele. O ideal é fazer antes um teste de sensibilidade, aplicando o produto numa pequena área do corpo.


Depilação com cera

Se o homem for sensível a dor, esse é o método menos recomendado. Como os pelos masculinos tendem a ser mais grossos que os da mulher, esse tipo de depilação pode ser ainda mais doloroso, não sendo, portanto, recomendado para áreas mais sensíveis como peito, rosto e área íntima.

Esse procedimento precisa ser repetido a cada 15 ou 20 dias. A cera quente é menos dolorida do que a cera fria, pois o calor ajuda a dilatar os poros. É importante tomar cuidado para não exagerar no aquecimento do material e causar queimaduras na pele.


Depilação a laser

A depilação a laser é um dos métodos mais eficazes e duradouros. Os pelos no local da aplicação são eliminados completamente e demoram muito para aparecer.

A Vialaser recomenda o procedimento para homens que têm uma concentração muito grande de pelos e que sofrem com os encravados. Uma das áreas mais propensas a ter foliculite é a barba, mas a irritação pode aparecer também na região dos glúteos. Na rede de clínicas da Vialaser, o público masculino soma cerca de 10% dos atendimentos.

Com a depilação a laser, as alergias na pele podem acabar desaparecendo, pois o laser acaba agindo diretamente na raiz do pelo, ao contrário da lâmina.

Em poucas aplicações, é possível observar uma redução de quase 100% dos fios. Além disso, a depilação a laser auxilia na produção de colágeno, o que melhora de maneira significativa o aspecto da pele.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.