Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 06-08-2020 às 20:51

Professora de Literatura vira ‘youtuber’ para dar aulas

Ana Helena Parolli tem se adaptado as novas ferramentas de trabalho, puramente tecnológicas

Ana Helena Parolli | Creditos: Divulgação

“Dormi professora de sala de aula e acordei quase uma ‘youtuber’”. Assim é visto o período de isolamento social e aulas à distância pela professora de Literatura e História da Arte do Maxi, Ana Helena Parolli. Com quase 30 anos de profissão, esta é a primeira vez que leciona em salas virtuais, além de vídeos gravados e novas ferramentas de trabalho. A experiência, brinca ela, tem proporcionado um crescimento profissional equivalente “a três pós graduações”.

Professora das turmas do 3º ano e extensivo, Ana Helena, é uma apaixonada pela profissão que agora se vê encantada com as descobertas de ensino e aprendizado para dar continuidade às suas aulas. Desde a adoção das aulas online no Maxi, há pouco mais de um mês, a professora tem se aprofundado em conhecer novas plataformas e estratégias para serem utilizadas com os alunos.

“Vejo que a educação precisava passar por mudanças que só com este período de isolamento conseguimos enxergar. Acredito que pós pandemia será uma fase de transformações, em que o ensino poderá ser mais híbrido, com a vivência em sala de aula, obviamente, mas com o uso de outros recursos e tecnologias. Tem sido um aprendizado a cada dia”.

Sobre a fase ‘youtuber’ em que está vivendo, Ana Helena, se diverte conhecendo aparelhos, ferramentas e plataformas para gravação e envio de vídeos e conteúdo aos alunos. “As turmas têm sido muito carinhosas conosco, até por entenderam que para alguns professores tudo é novidade neste campo da tecnologia e aulas virtuais. Eles reconhecem nosso esforço e sempre enviam mensagens positivas e motivadoras”.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.