Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 13-07-2020 às 00:47

Medo de cirurgia plástica? Médico experiente dá dicas

"O medo de fazer uma cirurgia é normal, em especial nas cirurgias plástica, já que são pacientes que não estão doentes e querem apenas corrigir algumas imperfeições ou melhorar a aparência", diz o especialista, que lista soluções

Pesquise bastante sobre a cirurgia que fará. | Creditos: Divulgação

A apresentadora Fátima Bernardes revelou recentemente em seu programa na TV Globo que tem medo de cirurgias plásticas. Assim como a jornalista, o medo de qualquer cirurgia assombra algumas pessoas. Ele vem acompanhado de certa desinformação e também de casos expostos na mídia onde cuidados básicos com a saúde não foram levados em conta antes do procedimento. Pensando nisso, Dr. Luiz Haroldo Pereira, médico cirurgião plástico há mais de 40 anos, listou dicas e orientações para quem ainda tem medo de uma cirurgia.

“O medo de fazer uma cirurgia é normal, em especial nas cirurgias plástica, já que são pacientes que não estão doentes e querem apenas corrigir algumas imperfeições ou melhorar a aparência. Por isso, a mais importante dica é a escola de um profissional especialista em cirurgia plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Também é importante escolher um bom hospital, para que seja seguro tanto para o paciente quanto para a equipe médica. No momento atual, esse hospital precisa ser ‘Covid Free’ e ter testes para Covid 19 antes”, explica o médico.

Mesmo parecendo uma dica óbvia, Luiz Haroldo reforça que qualquer cirurgia realizada por uma pessoa que não seja cirurgião plástico tem grandes possibilidades de complicação e de não ter o resultado esperado: “Temos o exemplo da hidrolipo realizada em consultórios. Não é o indicado. E, quando evolui mal, ganha destaque na mídia e faz com que outras pessoas desistam ou adiem.”

Além de confirmar se o médico é membro da SBCP, Luiz Haroldo recomenda que este profissional tenha indicação de outros pacientes, seja pessoas da família, amigos ou conhecidos. “Para ter confiança no médico você pode e deve ouvir outros pacientes que fizeram com ele. Busque também uma segunda opinião se for necessário”, ressalta Luiz Haroldo.

 

E o medo da anestesia?

Além da cirurgia em si, é muito comum também o medo da anestesia aplicada antes do procedimento. Sobre o tema, Luiz Haroldo ressalta a importância de operar em um hospital que tenha toda a infraestrutura necessária, com salas de recuperação pós-operatória e/ou CTI.

“A anestesia pode ser local, com sedação, peridural ou geral. E a escolha tem que ser em comum acordo entre o paciente, o anestesista e o cirurgião”, destaca o médico.

Luiz Haroldo fala ainda sobre as cicatrizes: “No pós-operatório, muitas vezes, os pacientes se preocupam com as cicatrizes, assimetrias. Por isso é importante a consulta e conversar muito bem com seu médico. Ele saberá te orientar para tudo. Escolha bem o seu cirurgião e o resultado será gratificante.”

 

Veja dicas para perder o medo de cirurgia plástica:

- Procure um especialista da SBCP

- Converse com outras pessoas que fizeram a mesma cirurgia

- Tire todas as suas dúvidas antes com o médico

- Pesquise bastante sobre a cirurgia que fará

- Conheça toda a equipe que trabalhará na sua cirurgia

- Entenda os procedimentos pré e pós-operatórios

- Informe-se sobre a anestesia

- Pense no resultado que sempre sonhou e visualize em sua mente

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.