Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 06-06-2020 às 08:52

Dentista ensina truques para evitar tocar a boca e o rosto e reduzir o risco de contágio com o coronavírus

O novo coronavírus é a principal ameaça em escala global dos nossos dias e já está levando milhões de pessoas a adotarem mudanças de hábitos consideráveis como a quarentena, melhorar a higiene pessoal e evitar tocar rosto, olhos e boca, que segundo os inf

| Creditos: Freepik.com

O cirurgião dentista Dr. Gustavo Menegucci aponta a importância de cuidar para não levar a mão à boca e não se deixar vencer por tiques e manias involuntárias: “já dizia o grande sábio Confúcio, há 1400 anos atrás, que a boca é a porta de entrada de quase todas as doenças. Sabemos que no fim do século XIX, focos de infecção odontológica já eram relacionados com o início e progressão de várias doenças inflamatórias. Atualmente existe um consenso de que não há saúde sem saúde oral e que precisamos cuidar da nossa boca para prevenir doenças, inclusive o coronavírus. Tocar o rosto com as mãos constantemente e levar mãos e objetos à boca, sucumbindo a tiques involuntários é um convite a todos os vírus e bactérias para entrarem no seu corpo”, ressalta.

Para ajudar você a se prevenir de infecções e doenças como o coronavírus, controlando a sua ansiedade e melhorando a higiene bucal e pessoal, o Dr. Menegucci traz alguns conselhos úteis que farão a diferença. Confira:

1- Tenha um objeto em mãos

Se mantiver as mãos ocupadas, é menos provável que insista no hábito de tocar o rosto. Para controlar a sua ansiedade e manter as mãos ocupadas uma boa solução pode ser uma bolinha anti-stress, por exemplo.

Se tem por costume tocar no rosto enquanto está a raciocinar sobre alguma coisa no seu local de trabalho, tente habituar-se antes a mexer no relógio, num anel ou num elástico para o cabelo que tenha em redor do pulso.

2- Esfregue as mãos

Outro truque pode ser esfregar as mãos se elas estiverem paradas ou colocá-las no bolso até que necessite delas para voltar ao trabalho. Mas não se esqueça de lavar regularmente e desinfetar qualquer um destes objetos.

3- Lave as mãos com sabonetes aromatizados

Para assumir o controle de vez e parar de levar a mão ao rosto e próximo da boca é preciso detectar a origem desta mania. Para isso, experimente usar sabonetes com cheiros intensos para lavar as mãos. Assim, é mais provável que se aperceba da proximidade das suas mãos ao rosto de cada vez que as movimenta em direção à cara.

4- Cobrir as unhas com verniz azedo ou pimenta

Esta tática é um pouco mais radical, mas costuma ser aplicada com sucesso em crianças e adultos. Cubra as unhas com um verniz azedo ou com extrato suave de pimenta. A tarefa de não tocar no rosto, sobretudo nas mucosas, pode ser especialmente difícil para quem tem o hábito de roer as unhas.

Caso esta técnica ancestral não funcione, usar luvas. Esta última opção pode ser boa porque, ao tocar com o tecido em qualquer outra parte do rosto, isso travará o movimento.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.