Cuiabá - MT, 06-04-2020 às 21:25

Dupla do RJ oferece aula gratuita de música para crianças pelo Youtube, para atender famílias isoladas por coronavírus

Tomaz Sussekind e Michelly Lemes, da dupla Brincando de Papel, fazem ação social para ajudar vítimas da doença no Brasil e em outros países, como a Itália

Tomas Sussekind e Michelly Lemes, idealizadores do projeto. | Creditos: Divulgação

Com a pandemia de coronavírus, um grande número de famílias do mundo inteiro estão em isolamento domiciliar, sem ter muitas alternativas para entreter as crianças. Isso porque, com a ameaça de contágio pelo COVID-19, todos tiveram que mudar suas rotinas para se proteger da doença. 

Pensando em ajudar essas famílias que já sofrem com os desdobramentos da doença, a dupla carioca Brincando de Papel, formada pelo casal Tomaz Sussekind e Michelly Lemes, está oferecendo uma aula aberta de seu curso de musicalização infantil, já tradicional no Rio de Janeiro, de forma gratuita e aberta aos interessados.

“Como vários profissionais autônomos das mais diversas áreas, em um momento de crise mundial como esse, estamos tendo que nos reinventar e, por isso, decidimos adaptar nosso curso de musicalização infantil para o formato on-line”, explica Michelly, integrante da dupla que já está há 10 anos no mercado de música infantil.

A empresária explica que, a princípio, seria apenas uma forma de dar continuidade ao curso privado - que atualmente conta com 150 alunos, divididos em 15 turmas presenciais-, transferindo temporariamente as aulas de presenciais para o virtual. “No entanto, depois tivemos a ideia de, além de atender nosso alunos do curso presencial, realizar uma ação de cunho social, estendendo a aula para as famílias do mundo todo que estão sendo afetadas por essa pandemia”, conta Michelly.

Quem participar da aula aberta e quiser continuar a fazer o curso deverá se inscrever, e a partir daí as aulas serão pagas, veiculadas em um grupo fechado no Youtube. As aulas virtuais devem acontecer de segunda a sexta, no período da manhã e da tarde.

Solidariedade virtual

Em contato direto com amigos brasileiros que moram na Itália, a dupla teve a ideia de convidar essas famílias para participar de uma aula aberta. A notícia se espalhou rapidamente por grupos no WhatsApp, e o número de interessados foi tão grande que a dupla decidiu tornar a aula pública, em vez de exclusiva aos seus alunos. 

“O mundo vive um momento tenso, e as crianças e suas famílias reclusas precisam de um pouco de alegria. Proporcionar momentos de descontração através da musicalização foi a forma que encontramos para ajudar a amenizar a angústia”, comenta Tomaz Sussekind. 

“Já estamos em conexão também com professores de yoga, contadores de histórias, entre outros profissionais, para espalhar essa ideia “do bem” e incentivar uma corrente de solidariedade através do mundo virtual”, finaliza Tomaz.

 

Link para a aula gratuita: YouTube.com/brincandodepapel

Data: 18/03/2020

Horário: 15h (horário de Brasília)/ 19h (horário da Itália)

Site: www.brincandodepapel.com.br

Contato: contato@brincandodepapel.com.br

Sobre o Brincando de Papel- Formada pelo músico Tomaz Sussekind e pela professora de artes cênicas Michelly Lemes, que trabalham há mais de 10 anos no segmento focado na primeira infância, o Brincando de Papel tem o seu próprio curso de Musicalização Infantil, que já é tradicional no Rio de Janeiro e hoje atende 150 alunos.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.